Eliminar a Chapecoense é fundamental para ano do Flamengo

32
Berrio em Chapecoense x Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

UOL: O
Flamengo só tem olhos para a final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, dia 27,
no Mineirão. Nesta quarta-feira (20), no entanto, o Rubro-negro dá um tempo na
competição nacional e se concentra na Copa Sul-Americana em busca de uma vaga
nas quartas de final. Às 19h15 (de Brasília), os cariocas recebem a Chapecoense
na Ilha do Urubu.

O jogo
é fundamental nos bastidores do Flamengo, tanto que o técnico Reinaldo Rueda
escalará força máxima na expectativa de garantir a classificação e a
tranquilidade do ambiente antes do confronto decisivo pela Copa do Brasil. Uma
nova eliminação, assim como aconteceu recentemente na Libertadores, seria
catastrófica no Ninho do Urubu.
O
elenco reconhece a importância da partida. Mais do que a manutenção do clima
leve para o jogo mais importante do ano, a Sul-Americana vale a premiação de R$
12,5 milhões ao campeão. Um possível título, inclusive, tiraria o Flamengo de
uma fila de 18 anos sem levantar uma taça internacional.
“‘Se
falarmos para vocês [jornalistas] que não pensamos na final, mentiremos, mas
todos os jogos são importantes. O nosso time reserva perdeu para o Paraná
[eliminação na Primeira Liga] e sofremos uma pressão enorme. O foco é
totalmente na Chapecoense. Sabemos que a pressão será muito grande se perdermos
essa partida e formos eliminados. Temos de tratar cada um desses jogos como uma
final”, afirmou o zagueiro Rhodolfo.
De acordo
com o melhor cenário projetado pela diretoria do Flamengo, os títulos da Copa
do Brasil e da Sul-Americana contemplariam uma boa temporada ao lado do invicto
Campeonato Carioca. Ao menos uma das taças está nos planos do Rubro-negro e a
cobrança interna existe em relação a isso. Classificar e seguir tranquilo até o
dia 27 é a meta.
“Trabalhamos
pela classificação. É um jogo difícil e precisamos de atenção com possíveis
surpresas. Jogamos em casa e contamos com a ajuda do torcedor para que o
Flamengo passe de fase na Sul-Americana”, encerrou o lateral Pará.
O
primeiro jogo terminou empatado por 0 a 0. O Flamengo precisa de uma vitória
simples para avançar. Empate com gols dá a vaga aos catarinenses. Em caso da
repetição do placar da partida inaugural, a classificação será definida nos
pênaltis.

COMENTÁRIOS: