Éverton Ribeiro e Guerrero dão vitória ao Flamengo sobre o Sport

49
Guerrero comemorando gol pelo Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

ESPN: Em
mais uma partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo
venceu  por 2 a 0 o Sport. Jogando na
Ilha do Urubu, a vitória veio com dois gols nos extremos dos tempos: Guerrero
marcou aos oito e Éverton Ribeiro decretou a vitória aos 47 do segundo tempo.

As
novidades no Flamengo começaram antes do jogo. Pensando já na decisão da Copa
do Brasil, Reinaldo Rueda bancou Diego Alves e promoveu a titularidade de Alex
Muralha no gol rubro-negro. O treinador também mexeu em outros setores, como o retorno
de Pará a lateral-direita, a de Márcio Araújo ao meio-de-campo, e com uma linha
de três formada com Gabriel em uma ponta e Éverton Ribeiro em outra. Tido como
‘concorrente’ na posição de Diego, o jogador esteve junto no auxilio da
criação.
Do
outro lado, o Sport chegava a partida em um momento de declínio na competição.
Se o início de Vanderlei Luxemburgo no comando técnico havia sido animador a
ponto da equipe sonhar com uma vaga na Copa Libertadores, as últimas partidas
não davam essa perspectiva: quatro derrotas nas últimas cinco partidas. A
goleada sofrida para o Grêmio e a reação furiosa do treinador logo após do jogo
no vestiário e na coletiva davam um clima ainda mais negativo ao momento
vivido.
Se
vendo em uma situação em que precisa ficar longe da zona de rebaixamento, o
Sport enxergava na partida uma necessidade maior de vitória do que a de seu
adversário. Praticamente sem chances matemáticas de conquistas o título, o
Flamengo tem como principal objetivo no campeonato a vaga continental. A equipe
ainda pode conquistar isso caso conquiste a Copa do Brasil ou a Copa
Sul-Americana: na primeira, está na final e jogará a partida decisiva daqui
duas semanas após empatar por 1 a 1 em casa; na segunda, empatou com a
Chapecoense 0 a 0 fora de casa pelas oitavas-de-finais.
O bom
início de jogo fez o Flamengo ser premiado logo aos oito minutos. Depois de
bola enfiada para a área, Guerrero aproveitou a bobeira da zaga do Sport,
roubou a bola e tocou para o fundo das redes.
A
sequência da primeira etapa mostrou uma superioridade flamenguista grande sobre
o time do Sport. Com dois jogadores com características de armação no
meio-campo como Everton Ribeiro e Diego, a equipe de Rueda conseguia controlar
mais a partida e gerar mais jogadas de gol, encontrando pelo lado direito de
ataque maiores oportunidades de criar suas chances.  Arão também aparecia bem no auxílio e causava
problemas na marcação adversária. Além disso, conseguia neutralizar as poucas
investidas que sofria, tanto que Alex Muralha não realizou nenhuma defesa nos
primeiros 45 minutos.
Assim
como tinha acontecido com Guerrero, foi a vez de Éverton Ribeiro quase marcar
no início do tempo. Após passe de Diego, o meia finalizou bem e exigiu grande
defesa de Magrão para que a vantagem não fosse ampliada.
Ele
apareceu mais uma vez minutos mais tarde, desta vez em passe de Willian Arão. O
jogador embalou de primeira um chute forte e dava mais uma vez perigo ao Sport.
A boa
atuação seria ainda mais facilitada quando Patrick fez falta dura por trás em
Márcio Araújo. O volante do Sport já havia levado o cartão amarelo no primeiro
tempo, e com isso recebeu o segundo e deixou sua equipe em uma situação ainda
mais complicada.
Com um
a mais em campo, a vantagem no placar e a situação já controlada, o Flamengo
buscou manter a posse de bola. O 1 a 0 dava o direito a equipe de não se
arriscar frequentemente ao ataque. Isso não impediu que alguns sustos viessem.
Sport reclama de pênalti após empurrão em cima de André na entrada da área.
No
fim, o Flamengo ainda fez mais um. Cruzamento para a área e Éverton Ribeiro
fugiu da defesa do Sport e marcou de cabeça, decretando a vitória rubro-negra.
O
Flamengp conseguiu uma vitória que deixa a equipe tranquila na zona dos
classificados para a Libertadores. Na 4ª colocação, espera o resultado desta
segunda-feira do Palmeiras, que enfrenta o Coritiba. Já a derrota deixa a
situação ainda mais preocupante para o Sport. A longa série sem vencer faz a
equipe despencar na tabela e ficar de olho nos adversários da parte de baixo da
tabela.

COMENTÁRIOS: