Éverton Ribeiro fala sobre posicionamento no Flamengo

40
Éverton Ribeiro, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GLOBO
ESPORTE
: Fora da final da Copa do Brasil, Éverton Ribeiro deve ser um dos
únicos com status de titular para atuar contra o Avaí, pelo Campeonato
Brasileiro. Rueda vai poupar quase o time todo e vai usar a partida para
utilizar eventual substituto de Everton, que ainda se recupera para atuar a
final da Copa do Brasil. Apesar da lesão muscular, o jogador faz tratamento
intensivo e ainda dá esperanças à comissão técnica de que pode jogar a grande
decisão do Mineirão.

Everton
ainda é a dúvida para a final da Copa do Brasil. Mas neste sábado, Rueda vai
experimentar uma das alternativas para escalar a equipe. Gabriel e Paquetá são
possibilidades de atuarem pela esquerda, com Berrío na direita e Guerrero no
centro do ataque. Outra opção é Vinicius Júnior e outro prata da casa, Matheus
Savio. Ribeiro não opinou, mas deixou no ar a possibilidade do xará voltar ao
time contra o Cruzeiro na semana que vem.

Quanto mais jogadores experientes tivermos para uma decisão, melhor. Se ele
puder jogar ou não, temos excelente grupo para suprir a lacuna de qualquer
atleta – disse Éverton Ribeiro.
Sobre
o jogo contra o Avaí, quando deve voltar a atuar na função originalmente de
Diego, Éverton Ribeiro lembrou as diferenças táticas para atuar no time de
Rueda. Recordou que foi meia-esquerda no São Caetano, no início da carreira, e
também garantiu que se sente à vontade em qualquer posição no setor ofensivo.

Quando jogo pela direita posso puxar para o meio e dar passe com a esquerda,
que é minha perna boa. No meio às vezes o campo está mais fechado, mas também
consigo receber a bola atrás dos volantes e posso deixar companheiro na cara do
gol. Pela esquerda tenho profundidade, posso atuar por dentro. Joguei contra
Sport e Chapecoense assim. Não é novidade jogar pela esquerda – lembrou o
jogador do Flamengo.

COMENTÁRIOS: