Falta de sequência no Flamengo afasta Diego Alves da Seleção

27
Diego Alves, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA
DO FLAMENGO
: Após 10 anos no futebol europeu, o goleiro Diego Alves voltou ao
Brasil para defender as cores do Mengão, esperando – além de conquistar títulos
com o Mais Querido – uma maior visibilidade para garantir lugar na seleção
comandada por Tite na Copa do Mundo de 2018.

Com
pouco mais de um mês no Flamengo, o camisa 1 ainda não conseguiu mostrar todo o
seu potencial, por questões como entrosamento, ritmo de jogo, entre outros.
Enquanto isso, a ‘concorrência’ no futebol nacional se aproveita para mostrar
serviço.
O
goleiro Vanderlei, do Santos, é o com melhores atuações no ano de 2017. Com
regularidade invejável e defesas surpreendentes, o arqueiro do time da Vila já
chegou a ser pedido na seleção até mesmo por torcedores de clubes rivais.
Apesar
da fase do defensor santista, o corinthiano Cássio parece estar à frente na
‘corrida’, sendo que este esteve presente na última convocação de Tite para as
eliminatórias.
Com
mais 16 rodadas do Brasileirão pela frente e Copa Sul-Americana para disputar,
Diego Alves conta com total confiança dos rubro-negros para voltar a vestir a
amarelinha, o que certamente beneficiará ao Mengão, tendo um goleiro de grande
qualidade e motivado para atingir seus objetivos pessoais.

COMENTÁRIOS: