Flamengo e Cruzeiro entre os que menos usam jogadores da Base

171
Lucas Paquetá comemorando gol pelo Flamengo – Foto: Buda Mendes/Getty Images

BRUNO
VOLOCH
: Investimento pesado, estrelas no elenco, folha salarial cara… e poucos,
bem poucos, atletas da base sendo utilizados. Tanto Flamengo quanto Cruzeiro,
não podem se orgulhar do aproveitamento dos atletas das categorias inferiores.
Levando em conta os 11 grandes que disputam o Brasileirão, só o Palmeiras usou
menos pratas da casa do que os finalistas.

O
Verdão contou com apenas dois garotos (Gabriel Furtado e Matheus Iacovelli),
enquanto Flamengo e Cruzeiro usaram sete, cada. Os rubro-negros são: Thiago,
Juan, Léo Duarte, Matheus Sávio, Lucas Paquetá, Vizeu e Vinícius Júnior. Já os
cruzeirenses: Rafael, Murilo, Lucas Silva, Nonoca, Alisson, Alex e Elber.
O
número é quase três vezes menor que o do Grêmio, que teve 18 meninos da base no
torneio nacional. Nenhum time no país recorreu mais às fileiras menores do que
os tricolores gaúchos, que são vice-líderes na Série A, estão nas quartas de
final da Libertadores e caíram na semifinal da Copa do Brasil, justamente para
o Cruzeiro.
Dos
sete atletas saídos da base rubro-negra, Reinaldo Rueda pode contar com até
quatro na final do Maracanã: Thiago, Juan, Lucas Paquetá e Vinícius Júnior. No
entanto, o único com presença assegurada é o veterano Juan, de 38 anos, que
subiu para o time principal em 1996. Thiago disputa posição com Alex Muralha,
enquanto Paquetá e Vinícius Júnior estão cotados para atuar graças às ausências
de Guerrero, Geuvânio, Vizeu e Éverton Ribeiro.
O
Cruzeiro deve ter apenas dois pratas da casa desde o início da decisão: o
zagueiro Murilo, que se firmou como titular absoluto semanas atrás, e o meia
Alisson, um dos homens de confiança de Mano Menezes. Já Rafael, Lucas Silva, Nonoca
e Elber ficarão no banco de reservas.
O
levantamento feito pelo Blog abaixo apresenta algumas curiosidades, como o fato
de o Santos, tido como um dos clubes que mais usa a base, estar atrás de vários
concorrentes. Confira:
OS ATLETAS DA BASE USADOS NOS GRANDES
DURANTE A SÉRIE A:
PALMEIRAS: 2
jogadores
Gabriel
Furtado e Matheus Iacovelli
FLAMENGO: 7
Thiago,
Juan, Léo Duarte, Matheus Sávio, Lucas Paquetá, Vinícius Júnior e Vizeu
CRUZEIRO: 7
Rafael,
Murilo, Lucas Silva, Nonoca, Alisson, Elber e Alex
CORINTHIANS: 11
Fágner,
Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos, Arana, Maycon, Léo Jabá, Pedrinho, Jô
e Carlinhos
SANTOS: 11
Daniel
Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Zeca, Caju, Thiago Maia, Alison, Léo
Cittadini, Serginho, Lucas Crispim e Arthur Gomes
SÃO PAULO: 12
Rodrigo
Caio, Lucão, Éder Militão, Junior Tavares, Araruna, Shaylon, João Schimidt,
Lucas Fernandes, Hernanes, Léo Natel, Luiz Araújo e Brenner
BOTAFOGO: 12
Igor
Rabello, Emerson Santos, Marcelo, Victor Lindenberg, Wenderson, Leandro,
Fernandes, Matheus Fernandes, Pachu, Vinícius Tanque, Lucas Campos e Renan
Gorne
VASCO: 15
Jomar,
Henrique, Alan, Bruno Gallo, Andrey, Bruno Cosendey, Douglas, Mateus Vital,
Guilherme, Evander, Caio Monteiro, Paulo Vítor, Muriqui,  Thalles e Paulinho
ATLÉTICO-MG: 15
Cleiton,
Marcos Rocha, Alex Silva, Gabriel, Jesiel, Bremer, Leonan, Lucas Cândido,
Rodrigão, Yago, Ralph, Thalis, Élder Santana, Marquinhos e Capixaba
FLUMINENSE: 16
Nogueira,
Frazan, Léo, Mascarenhas, Wendel, Douglas, Luiz Fernando, Marlon Freitas,
Mateus Norton, Gustavo Scarpa, Matheus Alessandro, Robert, Pedro, Marcos
Júnior, Wellington e Calazans
GRÊMIO: 18
Marcelo
Grohe, Léo, Rafael Thyere, Kaio, Arthur, Machado, Jean Pyerre, Conrado, Lima,
Lincoln, Patrick, Nicolas Careca, Luan, Everton, Pedro Rocha, Pepê, Matheus e
Dionathã

COMENTÁRIOS: