Flamengo libera Ronaldo para buscar novo Clube

48
Ronaldo, jogador do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

DE
PRIMA
: Uma das promessas do time do Flamengo, campeão da Copa São Paulo de
Futebol Juniores em 2016, o volante Ronaldo está liberado para negociar com
algum clube até o fim da temporada, por empréstimo, para ganhar mais rodagem.
Destaque na base, o jogador nunca teve muitas oportunidades no profissional, o
que intriga torcedores e pessoas dentro do próprio clube.

Aos 20
anos, Ronaldo era visto como uma solução para meio de campo, porém o clube
recorreu a outros nomes e o jogador foi deixado de lado. Curiosamente, o
volante era nome de confiança na base com Zé Ricardo, que o promoveu ao time
principal e pouco o utilizou mesmo assim. As constantes críticas a Márcio
Araújo, por exemplo, sempre levantavam a possibilidade de Ronaldo ganhar
oportunidades entre os titulares, algo que nunca se concretizou.
Os
agentes do jogador já foram informados da necessidade de emprestá-lo para
ganhar esta rodagem e até sexta-feira a situação deve ser definida entre o
empresário e a diretoria rubro-negra. Algumas sondagens pelo atleta já chegaram
e o próprio jogador e o Flamengo demonstraram interesse em sacramentar o
empréstimo.
Volante
com bom passe, visão de jogo e com boa condição física, o jogador é
constantemente assunto nos corredores da Gávea sobre o não-aproveitamento de
seu futebol. Pessoas de dentro do clube acreditam que o empréstimo pode dar uma
maturidade maior ao jovem para aguentar as cobranças de vestir a camisa do
Flamengo, já que ele visto como um atleta de grande potencial, seja de mercado
ou dentro das quatro linhas.
Se com
Zé Ricardo ele não tinha espaço, com Reinaldo Rueda as chances diminuíram
significativamente, já que o colombiano é fã do futebol do conterrâneo Cuéllar,
que tomou a posição de Márcio Araújo na equipe e joga ao lado de William Arão.
Nos
profissionais, Ronaldo atuou apenas em sete partidas desde 2016 e não é
relacionado desde o primeiro confronto da semifinal da Copa do Brasil, contra o
Botafogo, no Nilton Santos. Ali, devido à ausência de atletas à disposição, o
volante virou uma opção para Rueda, mas sequer jogou. Na sua frente, além de
Cuéllar, Arão e Araújo, o treinador ainda conta com Rômulo.
Para o
confronto com o Paraná, pela Primeira Liga, Ronaldo não foi relacionado porque
sofreu uma fratura na costela e teve que ser cortado. Mesmo assim, não estaria
entre os titulares.
Dos
jovens que faturaram a Copinha em 2016 com Zé Ricardo, o goleiro Thiago, o
zagueiro Léo Duarte, o meia Matheus Savio e os atacantes Lucas Paquetá e Felipe
Vizeu são opções importantes no elenco e não serão liberados por empréstimo.
Vizeu, por exemplo, já recebeu pelo menos três propostas oficiais, todas
negadas pela diretoria rubro-negra.

COMENTÁRIOS: