Flamengo não pode escalar Muralha contra o Cruzeiro

54
Muralha durante cobrança de pênalti contra o Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

BRUNO
VOLOCH
: O tema é polêmico. O assunto pede muito mais do que simplesmente
algumas linhas aqui no blog.

Fato é
que diante de tudo que aconteceu na semana passada, Muralha, goleiro do
Flamengo, não tem condição emocional de entrar em campo contra o Cruzeiro na
quinta-feira.
Seria
um risco desnecessário para os dois lados.
O
Flamengo, sem poder usar Diego Alves, terá que escalar o jovem Thiago no
primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil.
Muralha
foi e está arrasado.
Para
quem não sabe, o jogador foi capa do jornal Extra no Rio de Janeiro na semana
passada. Muralha foi motivo de chacota e piada após a eliminação do Flamengo na
Primeira Liga.
Muita
gente acha que o jornal errou e descarregou toda a ira em Muralha. Outros
defendem a liberdade de expressão.
Trabalhei
no Extra, veículo sério e de credibilidade, há alguns anos.
Caso
delicado.
Acho
que houve um leve exagero. Ponto.
Muralha
já teve seus dias de glória, foi convocado para a seleção e inexplicavelmente
despencou.
Futebol
porém é assim. Altos e baixos.
Humilhado,
Muralha treina e tenta esquecer o episódio.
Bonita
e previsível a atitude do presidente Bandeira saindo em defesa do jogador.
Algo
óbvio.

O
melhor para o Flamengo seria agir com a razão e poupar o goleiro.

COMENTÁRIOS: