Flamengo tem apenas 3 vitórias como visitante no Brasileirão 2017

53
GLOBO
ESPORTE
: Apoio da torcida, intimidade com o estádio, sem desgaste de viagem…
Jogar em casa sempre é mais favorável que jogar fora. Mas, no Brasileirão 2017,
isso nem sempre significa favoritismo (quem joga Cartola FC que o diga!). O
desempenho dos visitantes até a 22ª rodada do campeonato deste ano é o maior
desde a primeira edição de pontos corridos com 20 clubes, em 2006.
Em pesquisa
a partir de levantamento do site Futdados.com, destacamos alguns números e
curiosidades que mostram a “farra” dos forasteiros na competição. Os mandantes
continuam com vantagem, mas os visitantes reduziram a diferença: venceram 68
dos 220 jogos (31%). O maior índice até essa altura do campeonato era de 29%,
no Brasileiro de 2007. Houve 55 empates (25%) e 97 vitórias (44%) dos donos da
casa.
Os visitantes mais indigestos em 2017…

Líder
e vice-líder do campeonato, Corinthians e Grêmio provam que arrancar pontos
longe de seus mandos é vital na busca pelo título. A equipe paulista é a que
possui mais vitórias como visitante (8 em 10 partidas), seguida pelo clube
gaúcho (6 em 11).
Mas
não adianta nada pontuar fora se não fizer o dever de casa. Visitantes
indigestos, Atlético-MG e Vitória vêm a seguir na lista, mas têm pecado em
casa, e por isso aparecem apenas em 10º e 16º na classificação do campeonato.
Quem
não têm feito mal a praticamente ninguém fora de casa são Ponte Preta e São
Paulo. Venceram apenas uma vez como visitante cada um. A falta de pontos longe
do Morumbi, aliás, é um dos principais motivos que fazem o tricolor paulista
amargar a zona de rebaixamento.
…e os mais “bonzinhos”

Até
empatar está difícil para o São Paulo. Das 12 partidas que disputou fora de
casa, perdeu nove. Outro que acumula muitas derrotas como visitante é o
lanterna Atlético-GO, oito no total. Curiosamente, uma das duas vitórias do
Dragão fora de Goiás foi contra o líder Corinthians, na rodada passada.
E por
falar no Corinthians, ele é o único time do campeonato que ainda não perdeu
fora de casa. Suas únicas duas derrotas, para Vitória e Atlético-GO, foram em
casa.
Os visitantes goleadores…
O
Corinthians tem o melhor aproveitamento como visitante, mas em critério de gols
marcados quem lidera é o Grêmio. São 22 no total, sendo os principais
artilheiros Luan (4), Michel (4) e Everton (4), Fernandinho (3) e Ramiro (2).
Fluminense, Palmeiras, Chapecoense, Flamengo e Vitória também se destacam no
quesito.
Piores
ataques do Brasileiro, Avaí e Atlético-GO também são os times que menos
marcaram fora, sete cada um. O caso mais curioso é o Bahia. Apesar de ter o
sexto melhor ataque do torneio, com 29 gols, marcou apenas oito como visitante
– sendo um dos piores no quesito.
…e os sacos de pancada
Os
goleiros de Atlético-GO e São Paulo são os que mais tiveram que buscar a bola
no fundo das redes, 23 cada. Com a goleada sofrida para o Grêmio na rodada
passada, o Sport, por pouco, não os alcançou – levou 22.
Os
altos números contrastam com o do Corinthians. A equipe comandada por Fábio
Carille foi vazada apenas duas (sim, DUAS) vezes fora de casa. Não por acaso
tem a melhor defesa do campeonato, com 11 gols sofridos.
Os artilheiros: Ceifador forasteiro e
Profeta carrasco
O
visitante goleador é o artilheiro do campeonato, Henrique Dourado. Dos 12 gols
que marcou no Brasileirão, cinco foram em jogos do Fluminense fora de casa.
Vários
jogadores marcaram quatro vezes: Jô (Corinthians), Sassá (Cruzeiro), Lucca
(Ponte Preta), Luan, Michel e Everton (Grêmio).
Mas
vale um destaque especial para Hernanes (enfim um destaque positivo para o São
Paulo!). O “Profeta”, que reestreou no clube paulista no fim de julho, marcou
gols nos quatro jogos que fez como visitante.

COMENTÁRIOS: