Jornalista diz que torcida do Flamengo “estragou” Paulo Victor

43
Paulo Victor, goleiro do Grêmio – FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

SPORTV: Após
empatar em 1 a 1 com o Cruzeiro na primeira partida da final da Copa do Brasil,
o Flamengo reencontra o rival mineiro na quarta-feira do dia 27, no Mineirão.
Sem o goleiro Diego Alves inscrito na competição, o Rubro-Negro deveria apostar
no reserva Thiago para a posição, inclusive já o escalando nos jogos do
Brasileirão, segundo o comentarista Paulo César Vasconcellos.

– O
Alex Muralha pensa hoje que, se for escalado, tem que fechar o gol. Se ele
levar gol, por mais que seja defensável, vão dizer que pulou atrasado, como
sai, bracinho curto. Acho que o Rueda, que é cara rodada, sabe que o Alex
Muralha é hoje um goleiro emocionalmente destroçado. Eu colocaria o Thiago
desde a partida da semana passada – disse.
O
Flamengo tem ainda três duelos até a decisão, contra Sport e Avaí, pelo
Brasileirão, e Chapecoense, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa
Sul-Americana. No primeiro encontro da final com a Raposa, Muralha ficou no
banco, e Thiago, como titular, acabou falhando no lance que deu origem ao gol
de empate dos mineiros.
O
jornalista Daniel Pereira lembrou que a torcida do Flamengo, que hoje critica
Alex Muralha, já voltou suas críticas para Paulo Victor, que deixou o
Rubro-Negro para vestir a camisa do Grêmio. Para o narrador, P.V poderia hoje
ser o grande dono da meta na Gávea.
– A
torcida do Flamengo estragou um goleiraço, que inclusive tem nome de goleiro
bom. Está no Grêmio, e quando o Renato coloca ele para jogar, ele fecha o gol.
Era para ser o titular absoluto hoje, não era nem para ter Muralha nem Diego
Alves. Grêmio jogou várias vezes com o time B e ele fez grandes partidas. No
Flamengo, ele já fechava o gol, e a torcida pegava no pé do rapaz – disse.

COMENTÁRIOS: