Juan cresce no Flamengo com esquema de Rueda

52
Juan, zagueiro do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GLOBO
ESPORTE
: Com Zé Ricardo, Juan chegou a ser quarta opção na zaga no começo da
temporada, atrás do capitão Réver, Rafael Vaz e do argentino Donatti – que já
deixou o clube. A chegada de Reinaldo Rueda colocou o veterano em outro
patamar. Não por acaso ele foi um dos poucos jogadores citados pelo colombiano
em sua apresentação no clube (assim como Diego e Diego Alves).

O
esquema de jogo proposto por Rueda também favorece Juan. Defensivamente, o
Flamengo tem se postado melhor. O técnico pediu desde sua estreia para que os
laterais ajudassem mais a marcação, deixando menos espaço para a zaga cobrir.
Com isso, tem sido mais raro ver o jogador ficando no mano a mano diante de
ataques adversários e sua técnica pode ser mais utilizada.
Contra
a Chapecoense, foi uma atuação de gala. Sempre preciso nos desarmes, se
antecipando com categoria e bem posicionado para não dar espaço. A cada chegada
correta do zagueiro, a torcida respondia com gritos do nome do jogador. Ainda
foi premiado ao marcar o terceiro gol do jogo.
Perto de marca especial
Com o
gol marcado diante da Chapecoense, Juan está a dois gols de igualar o
ex-jogador Junior Baiano, maior zagueiro artilheiro da história do Flamengo.
Agora, ele tem 31 gols com a camisa rubro-negra.
Juan
diz que a marca não é uma prioridade, sobretudo no momento decisivo do clube.
No entanto, sorri ao comentar a possibilidade.
– Tem
que ser natural. Não é uma obsessão isso. Claro que vai ser um grande prazer
deixar meu nome na história. Ainda mais ”batendo” um grande amigo meu e um
grande jogador. Se acontecer vai ser muito legal – diz.

COMENTÁRIOS: