Kleber Leite reprova provável escalação do Flamengo

51
Jogadores do Flamengo em treino na Arena Condá – Foto: Gilvan de Souza

KLEBER
LEITE
: Deu no rádio que o time do Flamengo, escalado para amanhã, pela Copa
Sul-americana, contra a Chapecoense, em Chapecó, é o time considerado titular
pelo treinador Reinaldo Rueda: Diego Alves, Rodnei, Réver, Juan e Pará;
Cuellar, Arão, Diego e Éverton; Berrío e Guerrero.

Nesta
escalação, com o rótulo de time ideal ou, time titular, há alguns pontos
polêmicos.
Na
zaga, com sinceridade, entre Réver, Juan e Rodolpho, é jogar a camisa pro alto
e, os dois primeiros que pegarem, escalados estarão.
A
lateral esquerda me intriga. Para esta posição foram contratados dois
jogadores, Trauco e Renê, e quem assumiu a condição de titular foi o lateral
direito Pará. Acho Trauco um bom jogador. Criativo e bem acima da média. Tem
tudo para retomar a posição.
Talvez
o tema mais polêmico seja a posição de Rueda, começando a concluir que Diego e
Éverton Ribeiro não devem jogar juntos. Discordo do conceito. Quem sabe jogar,
joga em qualquer lugar e com qualquer outro, que também saiba das coisas…
O
maior exemplo para defender este ponto de vista é a Seleção Brasileira campeã
de 70. Gérson e Rivelino jogaram no mesmo time. Pelé e Tostão, também.
O
problema de Éverton Ribeiro, no Flamengo, é o mesmo de Renato Augusto, na
Seleção Brasileira. Ninguém joga no mundo árabe ou na China, sem pagar um
preço, às vezes caro, e sempre difícil. A readaptação ao futebol de primeira
linha pode demorar um pouco.
De
qualquer forma, mesmo em dúvida com relação aos pontos que aqui coloquei, muito
bom saber que temos, finalmente, um time titular.

COMENTÁRIOS: