Paquetá se destaca em período sem Everton no Flamengo

43
Lucas Paquetá em Flamengo x Avaí – Foto: Gilvna de Souza

UOL: Um
dos principais jogadores do Flamengo na temporada, Everton tem situação
indefinida. O meio-campista está em fase de transição da lesão na panturrilha e
tenta de tudo para estar apto para a decisão da Copa do Brasil, com o Cruzeiro,
nesta quarta-feira, no Mineirão.

O
técnico Reinaldo Rueda utilizou a partida contra o Avaí para realizar alguns
testes com as opções que tem caso Everton, de fato, não possa estar em campo. O
colombiano tem seis opções para usar na posição, mas em nenhum encontra as
mesmas características do titular. Lucas Paquetá se destacou jogando em algumas
posições e larga na frente.
“O
jogo de quarta é muito importante para gente. Vamos trabalhar até o dia do
jogo. Até lá vamos ver quem estará à disposição. Everton está em processo de
transição e ainda não sei se vai poder jogar. O tempo é curto, realmente, e não
queremos correr risco de reincidir a lesão. Buscar alternativas, caso não
possa. Vamos encontrar a melhor forma para substituir de acordo com nossa
estratégia. Queremos equipe bastante compacta”, disse Rueda sem dar muitas
pistas.
Quem
atuou na posição de Everton, fechando o lado esquerdo do meio campo foi Matheus
Sávio. O jovem, no entanto, não teve boa atuação e acabou substituído no
intervalo por Geuvânio, que não está inscrito na Copa do Brasil, assim como
Everton Ribeiro.
Pela
direita, foi Gabriel quem atuou. Apesar de ser do lado oposto, o jogador teria
condição de atuar também pela esquerda. O problema é que ele acabou vaiado pela
torcida antes de ser substituído por Vinicius Jr, outra opção. O jogador
vendido ao Real Madrid, no entanto, não tem características defensivas e pode
ser preterido.
Restam,
portanto, outras três opções. Lucas Paquetá, Mancuello e Trauco. O primeiro foi
o grande destaque do empate com o Avaí e vive grande fase. Apesar de ofensivo,
consegue fechar bem o lado defensivamente e pode ganhar oportunidade. O
argentino, apesar de ter atuado na posição, é visto por Rueda com
característica mais central. O lateral esquerdo já jogou na vaga de Everton com
Zé Ricardo e não está descartado.
“Temos
algumas alternativas e uma é o Paquetá. Jogador de muita entrega e pode jogar
por ali [esquerda] também. Vinicius é naturalmente da posição. Tem também o
Mancuello, uma peça importante. O vejo como volante misto, por dentro, é
inteligente, tem boa técnica. Precisa de ritmo de jogo e sabemos que isso não é
fácil. É uma boa possibilidade que temos também”, explicou Rueda.
Segundo
o treinador, Everton já está em processo de transição, o que aponta lesão
curada. O problema, portanto, passaria a ser outro. Entregue à preparação
física, o jogador deve começar a trabalhar em campo o quanto antes. Existe a
expectativa de isso já ocorrer neste domingo. O tempo é curto. Faltam apenas
quatro dias para a grande decisão.

COMENTÁRIOS: