Para Réver, torcida do Flamengo ficou satisfeita com campanha

23
Foto: Gilvan de Souza/

VAVEL:
O Flamengo foi derrotado pelo Cruzeiro na final da Copa do Brasil, em pleno
Mineirão. O jogo acabou em 0 a 0 no tempo normal e a partida se encaminhou para
os pênaltis. No placar das cobranças, a Raposa converteu cinco e o Flamengo
apenas três; Diego perdeu uma das cobranças.

Durante
a partida, o Flamengo teve mais posse de bola mas abusou de passes curtos. Após
o jogo, o zagueiro e capitão Réver conversou com a imprensa na zona mista e
falou da frustração de não conseguir o título.
“Acabamos
tendo uma certa frustração pelo título não voltar com a gente, mas nós sabemos
que tínhamos totais condições de vencer o jogo aqui. Como ficou nítido hoje,
tinha uma equipe lutando para vencer e outra esperando, de repente, para que a
decisão fosse para os pênaltis. Pênalti acaba sendo loteria e nós acabamos
perdendo nos pênaltis, mas acredito que o torcedor fica satisfeito com o jogo
que o Flamengo fez”, comentou.
Perguntado
sobre quais erros e lições o Flamengo e os jogadores poderiam tirar de uma
derrota como essa, o zagueiro definiu a falta de um resultado sólido dentro de
casa, na primeira partida da final, como um erro.
“São
pontos cruciais. Nós tivemos chances de ter feito um resultado melhor em casa e
hoje nós pagamos o preço por isso. Jogando fora de casa, diante de uma grande
equipe acaba dificultando. Então quando se tem essa chance dentro de casa, você
tem que liquidar a partida ou estar bem próximo de liquidar. Acredito que esse
foi nosso maior erro”, disse Réver.
A
falta de articulação entre os homens de defesa e de ataque, junto de um meio de
campo pouco efetivo na noite desta quarta foi um dos principais problemas do
Flamengo. Questionado se esse foi o principal motivo pela derrota, Réver
preferiu citar o primeiro jogo como motivo principal.
“Acredito
que não (sobre a falta de articulação e meio de campo). A equipe se comportou
muito bem, tivemos boa posse de bola, mesmo fora de casa. Acredito que pecamos
mesmo no primeiro jogo, onde o resultado poderia ser melhor”, afirmou o
zagueiro.
O
Rubro-Negro agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, na
segunda-feira (2). O Flamengo enfrenta a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, pela
26ª rodada do Brasileirão, às 20h.

COMENTÁRIOS: