Pensando em final, Flamengo não pode “largar” o Brasileirão

26
Diego e Rodinei, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GOAL: O
Flamengo está com a cabeça voltada para o dia 27 de setembro, quando fará o
segundo jogo da final da Copa do Brasil diante do Cruzeiro, que pode dar ao
Rubro-Negro a vaga direta para a Copa Libertadores 2018. E, com isso, o técnico
Reinaldo Rueda tem aproveitado o tempo até lá para realizar testes. Tanto que,
nos três jogos em que comandou o Mengão no Campeonato Brasileiro, ele mandou
para campo três equipes diferentes.

Mas,
apesar de estar muito perto de uma conquista, o Rubro-Negro não pode deixar de
lado o Brasileirão. Isso porque existe a possibilidade do título não vir, e a
solução para o Flamengo seria conseguir uma vaga para a LIbertadores pelo
Campeonato Brasileiro, ou pela Copa Sul-Americana (empatou com a Chapecoense em
0 a 0 no jogo de ida das oitavas de final).
No
momento, o Flamengo, que está na quinta posição do Brasileirão, com 35 pontos, e
possui 47,9% de chances de conseguir uma vaga ao torneio continental pelo
nacional, de acordo com o site do departamento de matemática da UFMG. Porém,
justamente pelo fato de entrar com equipes alternativas a cada rodada quefica
um pouco mais difícil o entendimento entre os jogadores e, consequentemente, o
time pode acabar oscilando.
E na
caminhada rubro-negro no Brasileiro, o adversário deste domingo (17) será o
Sport, às 16h, no estádio Luso-Brasileiro. É bom o Flamengo não
“largar” a competição para não correr o risco de sair do G-6. Às
vezes, é melhor pensar no pior para não ser surpreendido.

COMENTÁRIOS: