Rueda agradece apoio da torcida do Flamengo a Muralha

24
Muralha, goleiro do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GLOBO
ESPORTE
: Após a vitória por 2 a 0 sobre o Sport, o técnico Reinaldo Rueda fez
questão de enaltecer o apoio e o carinho da torcida com Alex Muralha. Para dar
ritmo de olho na final da Copa do Brasil, o técnico do Flamengo colocou o
goleiro como titular na Ilha do Urubu. No lance de maior perigo para os donos
da casa, Muralha fez uma defesa difícil no chute de Wesley.


Primeiro parabéns para a torcida pelo carinho, respaldo e acompanhamento que
deu ao time e ao Muralha. Segundo: parabéns ao time pelo jogo e pelo bom
trabalho. Também pelo resultado, que é importante para nós. Muito gratificante,
porque Muralha vem trabalhando muito bem e hoje teve a chance de abraçar essa
oportunidade. Toda a equipe o respaldou – disse Rueda.
No
último sábado, o Flamengo informou que Thiago sofreu uma fratura no punho. Com
isso, dificilmente poderá atuar na final da Copa do Brasil, onde disputava vaga
com Muralha. Diego Alves não está inscrito no torneio. A decisão será dia 27,
contra o Cruzeiro, no Mineirão.
Questionado
se Muralha seguirá como titular na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, Rueda
não quis abrir sua decisão e desconversou.
– É
importante o comportamento de Muralha hoje. São dois dias, é pouco tempo para
nós. Muralha está em boas condições – resumiu.
Veja
mais tópicos da entrevista de Rueda após a vitória
Sobre Éverton Ribeiro
É um
jogador com condições excepcional, tem grande sensibilidade para jogar futebol.
É muito coletivo, muito inteligente. Teve muita participação, foi muito alegre.
Foi determinante no primeiro gol, com concepção técnica. E foi oportunista para
acompanhar o cruzamento de Berrío.
Éverton e Diego podem jogar juntos?
Eles
podem jogar juntos, falei desde o primeiro dia. Se entendem, se buscam. Tinham
minutos contra o Atlético Goianiense. Na final da Copa, não podemos porque não
está inscrito o Éverton Ribeiro. Buscamos o controle das partidas.
Queda de rendimento na etapa final
Jogo
com altíssima intensidade. No segundo tempo, a reação do rival foi normal.
Equipe que joga muito bem, muito bem estruturada e trabalham triangulações importantes.
Tínhamos seis jogadores novos que vinham sem ritmo. Nos 20 do segundo tempo,
muitos começaram a sentir a falta de continuidade. Conseguimos nos minutos
finais o gol da vitória.

COMENTÁRIOS: