Rueda pisa na bola no Flamengo

22
Rueda conversando com Éverton e Vinicius Júnior, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

BRUNO
VOLOCH
: Reinaldo Rueda demorou. Estava indo bem e resolveu pisar na bola logo
na final da Copa do Brasil.

Difícil
entender como Vinícius Júnior não foi titular? Por que Paquetá?
Ele
foi um dos piores em campo, errou tudo que tentou e como o futebol é mágico
acabou fazendo o gol, ainda que em posição irregular.
Quem
ainda acredita em Gabriel? E a misteriosa contusão de Cuellar?
Tudo
isso no mesmo jogo. Foi dose, Rueda.
A
incrível e inaceitável falha de Thiago foi prevista por Mano. O treinador do
Cruzeiro orientou seus jogadores para chutarem e testarem o jovem goleiro
rubro-negro do início ao fim que uma hora era iria entregar. E entregou mesmo.
O time
do Flamengo, de tão ruim que foi, conseguiu simplesmente calar seu torcedor no
Maracanã, algo raríssimo.
Apenas
Willian Arão e Juan escaparam.
Rueda
tem três semanas para pensar no que fazer.
Quem
será o goleiro no Mineirão? Quem será o segundo volante? E os laterais?
A
única certeza é a volta de Guerrero.

COMENTÁRIOS: