Rueda venceu seis de nove mata-matas com o Atlético Nacional

31
Reinaldo Rueda, ex-técnico do Atlético Nacional – Foto: Divulgação

GLOBO
ESPORTE:
Responsável pela guinada na trajetória do Flamengo na temporada,
Reinaldo Rueda tem no currículo retrospecto favorável para iniciar a decisão da
Copa do Brasil contra o Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 21h45, no Maracanã –
com transmissão especial do Globoesporte.com a partir de 20h. Pelo Nacional, em
dois anos, disputo nove competições com mata-mata e foi campeão seis vezes com
o time de Medellín.

Não
entra na conta a décima final, que terminou sendo cancelada, pelo trágico
acidente da Chapecoense do fim do ano passado. O Nacional entregou o título da
Sul-Americana para a equipe brasileira, em homenagem dos colombianos para os
brasileiros.
O
retrospecto é ainda melhor que o de Juan Carlos Osório, muito respeitado no
clube de Medellín. Atual técnico da seleção mexicana, Osório deixou o Nacional
para dirigir o São Paulo em maio de 2015. Osório também conquistou seis títulos
pelo time colombiano – número igual ao de Rueda, mas não conquistou a
Libertadores. O título veio com Rueda no ano passado.
Discreto,
Rueda não se estendeu muito ao comentar o retrospecto em decisões mata-mata. Em
coletiva de imprensa, na véspera da grande final, pediu toda concentração no
primeiro jogo.
– São jogos
muito intensos, partidas de 180 minutos. Penso que todo jogador do Flamengo
está acostumado e preparado para assumir a responsabilidade, com intensidade. É
importantíssimo esse primeiro jogo para fazer uma boa diferença. É um rival
muito maduro, muito bem estruturado. Tem de ter concentração muito grande, de
vários anos de trabalho – disse o “profe”.
Confira o retrospecto de Rueda nos dois anos
de trabalho pelo Nacional:
Campeonato Colombiano (fases finais em
formato mata-mata)
2015 –
Clausura
– Campeão derrotando o Junior Barranquilla – nos pênaltis.
2016 –
Abertura
– Eliminado nas semifinais para o Junior Barranquilla.
Clausura
– Eliminado nas semifinais para o Santa Fé.
2017 –
Abertura
– Campeão derrotando o Deportivo Cali.
Copa
Colômbia
2015 –
Eliminado
nas oitavas de final para o Junior Barranquilla.
2016 –
Campeão
derrotando o Junior Barranquilla.
Super
Liga Cup da Colômbia
2016 –
Campeão
derrotando o Deportivo Cali.
Copa
Libertadores da América
2016 –
Campeão
derrotando Independiente del Valle (Equador).
Recopa
2017 –
Campeão
derrotando a Chapecoense
Sul-Americana
2016 –
Vice-campeão
– título concedido à Chapecoense, após tragédia.

COMENTÁRIOS: