Thomás relembra início no Flamengo e conselhos de Ronaldinho

32
Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem

COLUNA
DO FLAMENGO
: Neste domingo, contra o Sport, na Ilha do Urubu, o Flamengo vai
reencontrar um velho conhecido: O meia/atacante Thomás. Revelado pelo clube,
ele lembrou o início no Flamengo e contou histórias em sua passagem na Gávea
que durou 10 anos em entrevista à ESPN.

Eu
poderia ter tido mais oportunidades, mas subi muito cedo e fui emprestado.
Quando voltei poderia ter tido mais chances. Não tenho mágoa nenhuma disso, é
algo que acontece. Talvez naquela época os diretores e treinadores preferissem
outros jogadores. Não é uma decepção para mim, sou grato ao Flamengo pelo que
vivi lá”, disse.
Thomás
relembrou sua chegada ao Flamengo aos 12 anos e agradece a Zé Ricardo,
ex-treinador do rubro-negro, que o levou à Gávea.
– Ele
é um paizão para nós, um ótimo cara e treinador. Tenho um carinho por ele
porque é um cara íntegro e puro. Torço muito por ele aonde estiver.
O meia
também lembra com carinho do título da Copa São Paulo de 2011.
– Isso
deu um impulso para aquela geração. Muitos subiram ao profissional e outros
pegaram seleção de base. Esse título deu uma guinada na nossa carreira.
Por
fim, ele falou sobre os momentos vividos ao lado de Ronaldinho e os conselhos
dados pelo craque.
– Foi
bom demais porque é uma experiência única. Tinha o sonho porque sempre jogava
com ele no videogame. De repente, ele estava do meu lado no campo. Foi um
aprendizado muito grande. Os conselhos que ele me dava sobre futebol eram muito
importantes. Ele orientava muito na forma de me posicionar e como cabecear a
bola, que era uma dificuldade que eu tinha naquela época. Eu sempre escutei
muito e via os vídeos dele.

COMENTÁRIOS: