Trabalho de Victor Hugo é questionado no Flamengo

82
Zé Ricardo e Victor Hugo, Preparador de goleiros do Flamengo – Foto: Staff Images

EXTRA
GLOBO
: A sucessão de falhas de quase todos os goleiros do Flamengo trouxe de
volta os questionamentos á equipe de preparadores do clube e á própria
diretoria. A função é exercida por Victor Hugo e José Jober. O primeiro teve
passagem pelo Fluminense e chegou ao Flamengo com o técnico Muricy Ramalho ,
com a indicação de outro dirigente, Fernando Gonçalves.

Os
métodos de Victor Hugo foram questionados dentro do clube e pela torcida, mas a
posição da diretoria é de manter o trabalho em curso e ainda não pensar em
reavaliar os profissionais. No fim do ano isso pode mudar. No momento, o
departamento de futebol blinda os preparadores e entende que a perseguição não
tem sentido.
Na
reapresentação após o jogo com o Cruzeiro, o treino de goleiros foi observado
com mais atenção pela imprensa. Nele, os preparadores fizeram arremates de
longe para as defesas de Diego Alves, Alex, César e Gabriel Baptista. Thiago
ficou no regenerativo.
O
técnico Reinaldo Rueda acompanhou o trabalho dos goleiros de perto e observou
as intervenções dos preparadores. O treinador possui nomes com os quais já
trabalhou na Colômbia e pode indicar para o Flamengo trazer para a próxima
temporada. O clube não se pronunciou oficialmente sobre os métodos de trabalho
com os goleiros.

COMENTÁRIOS: