De volta, Vaz pede reação: “Não estamos no lugar que merecemos”

50

Titular na última rodada do Brasileirão, zagueiro destaca confiança de Rueda em fazer rodízio no elenco e quer concentração contra o Bahia: “Vive momento excelente”

No penúltimo treino antes do duelo contra o Bahia, pela 29ª rodada do Brasileirão, o time do Flamengo treinou a portas fechadas e realizou trabalho tático com o técnico Reinaldo Rueda. No fim da atividade, os jogadores praticaram cobrança de faltas. O destaque foi o bonito gol de Paolo Guerrero, que vem treinando bem – há poucos dias, um golaço de falta garantiu a seleção peruana na repescagem da Copa do Mundo.Titular na última partida, Rafael Vaz foi para a coletiva com a imprensa e destacou a força do grupo e a tranquilidade dos colegas em saber que o treinador colombiano tem feito o máximo para usar a maior parte do numeroso elenco rubro-negro.


– Muito bom saber que o professor confia em todos, ele está usando todos os jogadores do plantel. Não são só dois zagueiros. Ele dá oportunidade a todos, ele mesmo diz que o grupo dele não é só de 11 atletas. Importante é, independentemente de quem vai jogar, a defesa estar bem – disse o zagueiro do Flamengo.


Ainda sem saber se segue na equipe – Juan foi poupado na última partida, mas voltou a treinar normalmente e deve ser titular ao lado de Réver -, Vaz lembrou a vitória do Bahia sobre o líder Corinthians na última rodada e destacou a concentração do Flamengo para subir na tabela. Para o defensor, o Rubro-Negro deveria estar em uma posição melhor no Campeonato Brasileiro.


– O Flamengo está levando o jogo com o Bahia como se fosse uma decisão, até porque sabemos da importância do Brasileiro. Ao meu ver, não estamos no lugar que merecemos. Vamos jogo a jogo, degrau a degrau, porque tenho certeza que chegaremos lá (em cima da tabela).


Confira outros trechos da entrevista de Rafael Vaz:

“Bahia vive momento excelente”
– Sabemos da importância. Nosso grupo está levando jogo a jogo. Será um jogo muito difícil, o Bahia vive momento excelente. Voltamos a vencer e recuperamos a confiança para não falar que está tudo certo. Vamos respeitar muito o Bahia, mas tenho certeza que eles sabem da responsabilidade de enfrentar o Flamengo.


Sem bodes expiatórios após pênalti perdido por Éverton Ribeiro
– Já passei por isso, o Éverton Ribeiro é muito experiente e soube assimilar bem. Quando o resultado não aparece, a torcida pega no pé em uma ocasião ou em outra. Ele sempre bateu daquele jeito e sempre fez. Não é um pênalti que vai dizer que ele não pode bater mais.


Quem bate melhor entre Vaz, Éverton Ribeiro e Guerrero?
– É séria essa pergunta (risos)? Tenho certeza que o Guerrero, ele tem treinado mais. Minha maior qualidade é defender, procuro deixar essa parte para ele.


Renovação de contrato
– Nem penso nisso. Vou pensar em me doar ao máximo. Quem tem que resolver do meu contrato é a diretoria. Estou mostrando que estou aqui para ajudar.


OBS: o contrato do zagueiro Rafael Vaz vai até o fim de 2018.


Pressão por título da Sul-Americana
– Estamos pensando na próxima partida. O Flamengo não escolhe Sul-Americana ou Brasileiro. Será uma grande partida contra o Bahia, Flamengo está muito focado. Vamos dar o máximo.

Fonte: Globo Esporte

COMENTÁRIOS: