ER7 não explica má fase do Flamengo, mas pede algo a mais

18
Foto: Antonio Scorza

EXTRA
GLOBO
: O Flamengo amargou uma derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, na noite de
segunda-feira, pelo Campeonato Brasileiro, cinco dias após a perda do título da
Copa do Brasil. Mas no desembarque do time no Rio de Janeiro, na manhã desta
terça-feira, os jogadores negaram qualquer abatimento por causa do troféu que não
veio. O meia Everton Ribeiro afirmou que o ataque não foi eficiente contra a
Macaca e que a derrota “custou caro” ao time na tabela.

– Não
nos abatemos com a perda da Copa do Brasil, mas não conseguimos ser eficientes
no ataque. Essa derrota nos custa muito caro. Temos dez dias para acertar os
erros e voltarmos forte para o resto da temporada – disse o jogador no
desembarque.
Everton
Ribeiro afirmou que não entende os motivos para o Flamengo não conseguir bons
resultados, já que tem um elenco forte.
– Eu
gostaria de saber (qual o problema). Temos um bom elenco, bons jogadores, a
comissão técnica faz um bom trabalho… Precisamos de algo a mais. Estamos
trabalhando forte, precisamos mudar alguma coisa para poder voltar a vencer e
buscar os objetivos – disse o meia.
Na
visão do jogador, o Flamengo precisa se movimentar de forma mais natural nos
jogos, algo que não está acontecendo.
– Não
temos que melhorar só a finalização, mas a movimentação também. São muitos
jogos e estamos perdendo um pouco o tempo de treinar para finalizar melhor.
Temos que aproveitar da melhor maneira esses dez dias, voltarmos a vencer. Esse
é o nosso foco agora – disse.
O
Flamengo desembarcou na manhã desta terça-feira, no Aeroporto Tom Jobim, sem
alvoroço ou protestos. Apenas alguns curiosos e torcedores pararam os jogadores
a fim de tirar selfies. Curiosamente, o mais procurado foi o goleiro reserva
Alex Muralha. O meio-campo Diego seguiu direto do aeroporto, de helicóptero,
para se juntar à seleção brasileira na Granja Comary.
Os
jogadores ganharam folga nesta terça-feira e se reapresentam amanhã no Ninho do
Urubu. O Flamengo volta em campo no feriado do dia 12 de outubro, contra o Fluminense,
no Maracanã, às 17h (de Brasília). O Rubro-negro permaneceu na sétima posição,
com 39 pontos, um a menos que o rival Botafogo, que tem 40.

COMENTÁRIOS: