Flamengo descarta favoritismo contra o Fluminense

22
Lateral Pará em Flamengo x Fluminense – Foto: Gilvan de Souza

GAZETA
ESPORTIVA
: Lutando pela vaga na próxima Copa Libertadores, o Flamengo terá
nesta quinta-feira, às 17h (de Brasília), no Maracanã, o clássico contra o
Fluminense, que precisa do triunfo para não se complicar ainda mais na briga
contra a zona de rebaixamento. Neste cenário, o Rubro-Negro pode ser
considerado favorito no duelo, válido pela 27ª rodada do brasileirão, porém, os
flamenguistas preferiram adotar um discurso modesto, garantindo que esperam um
duelo muito equilibrado.

“Sinceramente
não existe isso de facilidade porque o Fluminense não está bem na tabela de
classificação, pois estamos falando de um clássico, onde a rivalidade é muito
grande e qualquer coisa pode acontecer. Será uma partida muito complicada e o
Flamengo vai ter que estar em uma tarde muito boa para atingir seu objetivo. É
um jogo importante em termos de tabela de classificação e temos que somar os
três pontos – disse o lateral-direito Pará.
O
zagueiro Juan também não acredita na grande superioridade rubro-negra sobre o
rival. Na visão do defensor, um clássico sempre vai impor dificuldades às duas
equipes em campo, ainda mais se tratando de Campeonato Brasileiro, um dos mais
equilibrados do mundo.
“Um
clássico sempre nivela as coisas e por isso mesmo não existe favoritismo, já
que a rivalidade acaba falando mais alto. Mesmo se não fosse contra um rival do
Rio de Janeiro seria complicado, pois este ano estamos vendo muitos times que
têm pontuação menor ganhando de quem está mais acima na tabela de
classificação. Portanto, todo jogo acaba se tornando muito complicado e não
podemos ficar desatentos”, disse o experiente jogador.
Na
visão do goleiro Diego Alves, o fato de o Fluminense estar próximo da zona de
rebaixamento pode complicar ainda mais a vida do Flamengo.
“Acredito
que a situação do Fluminense seja inclusive um problema. O time deles com
certeza vai correr ainda mais em busca de um triunfo, pois precisam afastar-se
da zona de rebaixamento. Muitas vezes é melhor enfrentar um adversário onde a
vitória não faz tanta diferença”, disse o arqueiro.
A
escalação do Flamengo será definida por Reinaldo Rueda somente minutos antes do
confronto, já que o treinador vai esperar pelo lateral-esquerdo Miguel Trauco e
pelo atacante Paolo Guerrero, que estão com a seleção peruana, e pelo volante
colombiano Gustavo Cuéllar, também defendendo sua seleção nacional. Caso não
possam atuar, Renê entra na lateral, Márcio Araújo ganha uma vaga no meio e
Felipe Vizeu será o comandante de ataque. O meia Diego, com lesão na coxa
esquerda, fica de fora, com Everton Ribeiro sendo o principal responsável pela
criação. O treinador colombiano sabe que não terá ainda o meia Vinícius Junior,
com uma entorse no joelho direito. A boa notícia fica por conta da presença do
zagueiro Réver, que se recuperou de lesão na coxa direita. Após cumprir
suspensão na derrota de 1 a 0 para a Ponte Preta, no interior paulista, o
atacante Orlando Berrío volta ao time titular. Nesta quarta-feira o Flamengo
treina pela manhã e depois começa o período de concentração.

COMENTÁRIOS: