Landim ganha força em eleição para Presidente no Flamengo

88
Rodolfo Landim pode se candidatar no Flamengo – Foto: Magia Rubro-Negra

UOL: Uma
reunião na noite desta quinta-feira (5) terminou no primeiro passo da eleição
que escolherá o novo presidente do Flamengo para o triênio 2019/2020/2021. O
pleito será realizado em dezembro de 2018, mas os maus resultados do futebol
movimentaram a oposição de forma antecipada.

Capitaneados
pelo ex-mandatário Márcio Braga, os participantes do encontro, entre eles os
candidatos do último pleito Wallim Vasconcellos e Cacau Cotta, definiram a
criação de uma comissão política para a escolha de um único nome capaz de impedir
mais três anos do grupo do presidente Eduardo Bandeira de Mello.
Um
plano de governo será criado. Na sequência, a comissão debaterá o nome do
candidato único. Os encontros serão realizados a cada 15 dias com a expectativa
de alinhar os ponteiros e montar uma candidatura consistente. Dividir a
oposição está fora de pauta no momento.
Um
nome que surge com força nos bastidores é o de Rodolfo Landim, vice-presidente
na chapa de Wallim Vasconcellos e ligado ao ex-vice de marketing Luiz Eduardo
Baptista, o Bap. A expectativa de boa parte do grupo é a de convencê-lo sobre a
candidatura.
A
reunião também definiu que Márcio Braga não será candidato, mas participará
ativamente do processo, já que foi o responsável por unificar a oposição.
Lideranças
importantes do clube também estiveram no encontro. George Helal, Delair
Dumbrosck e Marcos Braz foram alguns deles. Falta mais de um ano para a eleição
do Flamengo, mas não é exagero dizer que a corrida pela cadeira mais importante
da Gávea começou mais cedo do que nunca.

COMENTÁRIOS: