Luxa diz preferir jogador baladeiro: “Tem que ser malandro”

88
Vanderlei Luxemburgo de óculos escuro – Foto: Reprodução Instagram

FOX
SPORTS
: E Vanderlei Luxemburgo continua sendo o mesmo, com respostas sempre
fortes nas entrevistas que dá, sempre sem deixar o bom humor de lado. Como foi
no bate-papo com Bolívia, apresentador do programa Bolívia Talk Show, do canal
Desimpedidos, no Youtube. Questionado sobre o tipo de perfil de atleta que
prefere, ele não ficou em cima do muro.

Aos 65
anos, Luxemburgo já comandou diversos craques do futebol, alguns que eram mais
contidos, outros mais baladeiros. Ele não vê problemas nessas diferenças.
Ressaltou que o que importa é ter respeito no grupo, seja com estilo de vida ou
religião, mas admitiu que se dá melhor com aqueles atletas que gostam mais de
uma farra, que são mais ‘malandros’ no modo de falar:
“Quando
tem folga, falo para os meus jogadores. Não quero ninguém no hotel. Quem vai
para igreja, vai para igreja. Quem vai para bebida, vai para bebida. Não quero
ninguém aqui. Eles são jovens”, afirmou Luxemburgo, que completou dizendo
o perfil que mais gosta no futebol:
“Futebol
é de baladeiro. Eu respeito religião, tenho a minha, mas no futebol o cara tem
que ter aquela coisa meio que do malandro. Aí que dá o tempero. Mas também tem
que ter um pouquinho que reza. Mas aqui só tem uma igreja, uma religião, que é
o clube que você está trabalhando. Temos que respeitar isso”.
Atualmente
no Sport, Luxemburgo também comentou como está a vida em Recife. Adaptado ao
clube, fez questão de garantir a permanência para 2018 e cravou: “O Sport
fica na primeira divisão”. O Leão está na 11ª colocação, com 33 pontos
conquistados.

COMENTÁRIOS: