Presidente do São Paulo detona UOL e nega interesse em Caetano

26
Rodrigo Caetano, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

FOX
SPORTS
: Uma possível mudança na chefia do departamento de futebol do São Paulo
é rechaçada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Após a
dramática vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, no último sábado (14 de
outubro), o mandatário tricolor negou interesse na contratação de Rodrigo
Caetano, diretor-executivo do Flamengo.

De
acordo com reportagem do portal Uol, um interlocutor de Leco conversou com o
dirigente rubro-negro nas últimas semanas. Ainda não teria havido uma proposta
por parte do clube paulista, no entanto. Rodrigo Caetano, cujo vínculo com o
Flamengo vai até o fim de 2018, tem o costume de cumprir os seus contratos nas
equipes pelas quais passa.
“É um
dos grandes absurdos, uma das grandes elucubrações que, infelizmente, a mídia
faz. Não tem absolutamente nada, zero”, garantiu Leco, na zona mista do
Pacaembu.
A
suposta procura do São Paulo por Caetano teria acontecido no momento em que
Vinicius Pinotti, diretor-executivo do São Paulo, sofre grande pressão no
cargo. Na semana passada, a Gazeta Esportiva revelou que oposicionistas
formalizaram um pedido de reunião extraordinária para o dirigente se explicar
sobre sua relação com Alan Cimerman, ex-gerente de marketing, que teve um
esquema de extravio de R$ 1,5 milhão em ingressos de shows no Morumbi
desvendado recentemente.
Além
disso, no fim de agosto, Pinotti já havia sido sabatinado por conselheiros, que
o questionaram acerca da demissão de Rogério Ceni e de algumas contratações.
Indagado se o diretor estaria garantido no cargo em 2018, Leco foi sucinto:
“Claro que é”.
Com a
vitória sobre o Atlético-PR, o São Paulo alcançou o 13º lugar do Campeonato
Brasileiro, com 34 pontos, deixando a zona de rebaixamento. Aliviado pelo
resultado, o presidente tricolor elogiou a atuação da equipe e demonstrou
confiança em um futuro melhor.
“A
gente acredita, confia. É um time que luta e está mais confiante, com mais
possibilidade de enfrentar os seus adversários, e nenhum deles é fácil. A luta
é muito árdua, muito grande, mas o São Paulo está, sim, se encaminhando à
ascensão para que não sofra mais essa angústia, esse calvário que estamos
vivendo. O São Paulo vai continuar lutando, e muito, para ter um 2018 melhor”,
encerrou.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here