Possibilidade de Guerrero ter usado cocaína é descartada

37

A defesa de Paolo Guerrero voltou ao Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira com otimismo. Foi descartado o uso de cocaína por parte do atacante e o metabólito encontrado é de folha de coca, chá consumido em diversos países da América Latina.

Guerrero permaneceu em Lima, no Peru, enquanto sua defesa desembarcou no Rio no início da manhã. O advogado Pedro Fida, um dos que defendem o atacante, falou sobre o caso.

– Estivemos reunidos com a Federação Peruana de Futebol, coletando provas e solicitando a colaboração da Federação. A Fifa tem respondido prontamente aos nossos pedidos. Estamos muito confiantes na inocência do Guerrero e até o fim do mês certamente teremos um desfecho positivo que provará a inocência do Paolo – disse.

A contraprova do exame será aberta em Colônia, na Alemanha, na próxima quinta-feira (09).

Fonte: Coluna do Flamengo

COMENTÁRIOS: