Saída de contestados do Fla não é fácil.

29

A diretoria do Flamengo passa por uma pressão para reformular o elenco, parte da comissão técnica do futebol e dirigentes em 2018. Entre as saídas mais pedidas estão as de Márcio Araújo, Rafael Vaz e Muralha. Só que grande parte desses jogadores tem contrato longo com o clube, o que torna uma negociação mais difícil.

Além dos três já citados, há outros alvos como Conca, Geuvânio, Gabriel, Mancuello e Rômulo. Tirando Conca, o resto tem no mínimo mais um ano de contrato com o Flamengo. Todos esses também recebem mais de R$ 100 mil.
Grande parte desses jogadores está “queimada” no mercado porque não deram certo no Flamengo e vivem sendo criticados constantemente. O clube já sabe que terá que emprestar alguns e que, provavelmente, ainda teria que arcar com parte dos salários.
Como ou se saíram do Fla depende do poder de negociação do clube e do presidente Bandeira de Mello, que resiste em fazer fortes mudanças no futebol. Quem pode tomar frente nisso é o VP Ricardo Lomba, que afirmou que se não tiver autonomia para promover mudanças, pode se desligar do clube.
Fonte: Coluna do Flamengo

COMENTÁRIOS: