Libertadores 2018 não terá final única.

20
A final da Libertadores de 2018 não será disputada em jogo único, como era o desejo do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez. O anúncio da decisão será feito no sorteio dos grupos da próxima edição, marcado para o dia 20 de dezembro. A informação é do jornalista Rafael Serra do Esporte Interativo.
Ainda segundo o jornalista, uma fonte próxima à cúpula da confederação, a ideia enfrentou resistência entre clubes e confederações nacionais, que entendem ser necessária uma maior remuneração aos finalistas, já que os dois clubes poderiam perder uma significativa receita de bilheteria. Por isso a implantação da mudança não acontecerá na próxima temporada, já que o contrato de direitos televisivos e de propaganda da próxima edição da competição foi firmado há algumas temporadas e não permite margem para grandes mudanças orçamentárias.
A entidade voltará a discutir o assunto de forma mais abrangente no próximo ano, quando será assinado o novo contrato de direitos televisivos e de propaganda da competição, cujos valores devem superar o dobro do atual.
A chance de que a primeira edição da final única aconteça em 2019, primeiro ano de vigência do novo contrato, é grande.
Fonte: Coluna do Flamengo

COMENTÁRIOS: