Rodrigo Caetano explica baixo orçamento para 2018.

14

O Flamengo está na busca de bons nomes para o setor ofensivo e também para o setor defensivo, porém esbarra no principal problemas dos clubes brasileiros: baixo orçamento. E Rodrigo Caetano já sabe deste empecilho.

No Paraguai para acompanhar o sorteio da Libertadores, o gerente de futebol do Flamengo concedeu entrevista e explicou como será a montagem do elenco para 2018. Segundo ele, a missão será contratar apenas peças pontuais, seguindo o orçamento rubro-negro, que não é dos maiores para a próxima temporada:

O Flamengo, por princípio, sempre respeitou o orçamento. O nosso para 2018 não nos permite grandes contratações. Vamos depender de alguma negociação para poder ir ao mercado de uma forma diferente. Nossa intenção é trazer peças pontuais e fazer nossas reuniões de planejamento e saber as necessidades” -, explicou.
Ao fim da temporada, Reinaldo Rueda admitiu que o elenco rubro-negro precisa de reforços. E ele definiu a posição de centroavante como prioridade para 2018. Vale lembrar que Guerrero teve a suspensão reduzida para seis, mas só voltará a atuar em maio.
Por Coluna do Flamengo

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here