Flamengo acredita, briga até última rodada, vence Vitória e sai líder no NBB

198
O Flamengo cumpriu sua missão na Arena Carioca 1. E o melhor: saiu líder. A vitória era importante e o FlaBasquete terminou a primeira fase do NBB derrotando o Universo/Vitória por 89 x 75. Mas a melhor notícia veio após o jogo. O Caxias do Sul venceu o Paulistano por 81 x 80 e, com isso, o Flamengo fechou na liderança a fase de classificação do NBB, objetivo primário na competição.
Marquinhos foi mais uma vez o destaque rubro-negro. Forte candidato a MVP da competição, o camisa 11 fez 22 pontos, além de oito rebotes e duas assistências. Anderson Varejão fez seu terceiro duplo-duplo na competição, com 13 pontos e 11 rebotes. Também se destacaram Marcelinho (18 pontos, seis rebotes e quatro assistências) e JP Batista (nove pontos e cinco rebotes). Olivinha marcou apenas quatro pontos, mas bateu a marca de 5.000 pontos no NBB.
Agora, o Mengão aguarda a definição das oitavas de final entre Vitória e Minas, mas ainda com possibilidades de ser o Pinheiros, e volta a jogar apenas dia 17 de abril.
O jogo 
O Flamengo dominou desde o início. Com marcação eficiente, não deixou o Vitória jogar. Marquinhos se destacou no início marcando oito pontos e sendo essencial para abrir gordura. Com jogo coletivo também funcionando, a confiança era grande e até Varejão arriscou de longe, fazendo sua primeira cesta de três no Flamengo. O Mais Querido deixou dois dígitos de diferença e fechou a etapa em 23 x 12.
Na volta, quem comandou foi JP Batista. O pivô comandou o garrafão rubro-negro no ataque, fazendo oito pontos, e também atrás, pegando dois rebotes e com um toco. Mas o diferencial foi do lado de fora da linha. Pecos, Rhett, Marcelinho e Pilar acertaram a mão e mantiveram o Flamengo na frente, mesmo com um segundo quarto melhor do Vitória, que fez 23 pontos. Mas o Orgulho da Nação foi para o vestiário com 47 x 26 e folga na liderança.
O terceiro quarto não foi bom para o Flamengo. Foi a menor pontuação da equipe (13 pontos), o que provocou a aproximação do Vitória no placar. As bolas teimavam em não cair, enquanto o adversário ia se aproximando, até fechar apenas 11 pontos atrás (60 x 49).
Para o último quarto, o que faltou nos 10 minutos anteriores, sobrou. E sobrou Marcelinho. O Capitão, em seu último jogo em uma fase de classificação do NBB, marcou nove pontos e, ao lado de Marquinhos (oito), liderou a recuperação da equipe, que voltou a abrir diferença até fechar o placar em 89 x 75 e mais uma vitória em casa. E a tão cobiçada liderança.

COMENTÁRIOS: