Mauro Cezar: “Botafogo, valente, impõe ao Fla a 17ª decepção em mata-mata e jogos decisivos na “Era” Bandeira”

77

O presidente Eduardo Bandeira de Mello iniciou sua primeira gestão no Flamengo na virada de 2012 para 2013. Em dezembro se despedirá do cargo após seis anos e dois mandatos. Cercado de pessoas capazes e com um ótimo projeto de reestruturação, no poder, ele simbolizou, por bom tempo, a retomada do clube. Dívidas reduzidas, aumento da receita, recuperação da imagem, melhoria na estrutura e maiores investimentos no elenco.

A derrota para o valente Botafogo, com elenco que custa menos de um terço do investimento rival em atletas, é mais um golpe numa gestão desastrosa no futebol, com muitos fracassos em pouco mais de cinco anos. Taças o Flamengo ergueu cinco: duas do Campeonato Carioca (2014 e 2017), duas vezes a Guanabara (2014 e 2018) e uma da Copa do Brasil (2013). Já fracassos em mata-mata e que determinaram eliminações da Libertadores agora são 17!

Libertadores
2014 Fase de grupos (León)
2017 Fase de grupos (San Lorenzo)

Sul-americana
2016 Oitavas de final (Palestino)
2017 Final (Independiente)

Copa do Brasil
2014 Semifinal (Atlético-MG)
2015 Oitavas de final (Vasco)
2016 Segunda fase (Fortaleza)
2017 Final (Cruzeiro)

Presidente Eduardo Bandeira de Mello na apresentação de Darío Conca Gazeta Press

Primeira Liga
2016 Semifinal (Atlético-PR)
2017 Quartas de final (Paraná)

Campeonato Carioca
2015 Semifinal (Vasco)
2016 Semifinal (Vasco)
2018 Semifinal (Botafogo)

Taça Guanabara
2013 Semifinal (Botafogo)
2017 Final (Fluminense)

Taça Rio
2017 Semifinal (Vasco)
2018 Semifinal (Fluminense)

Houve ainda, em 2015, a Taça Guanabara com pontos corridos. Na rodada final o Flamengo precisava vencer o Nova Iguaçu, em Macaé. Ficou no 0 a 0. Ao bater justamente o Macaé por 1 a 0 no Engenhão, o Botafogo ficou com o troféu ao se igualar aos rubro-negros com 36 pontos e campanha rigorosamente igual em vitórias, empates, derrotas e gols marcados e sofridos. A vantagem a favor do alvinegro foi decidida no confronto direto, pois os botafoguenses venceram por  1 a 0 na sétima rodada. Foi mais um vexame rubro-negro na gestão Bandeira de Mello. E a coleção parece não ter fim.

Siga @maurocezar

Inscreva-se no Youtube

Siga no Instagram: @maurocezar000

Reprodução: Blog do Mauro Cezar Pereira | ESPN

COMENTÁRIOS: