Paysandu é o primeiro adversário do Flamengo, que busca título inédito

89

O Flamengo viajou até Belém para encarar o Paysandu no primeiro capítulo da eliminatória pela Copa do Brasil. Os bicolores se prepararam com afinco para o confronto. Se o Urubu vencer por dois ou mais gols de diferença, elimina o jogo de volta que está marcado para semana que vem, provavelmente na Gávea.

Histórico

O Flamengo jamais foi campeão da Copa do Brasil sub-20, competição que começou a ser organizada pela CBF em 2012. No ano passado, o Mengão deixou o título escapar nos pênaltis, pois o gol qualificado não serviu como desempate. A decisão foi contra o Atlético-MG e, em Belo Horizonte, a peleja terminou 1 a 1. No Rio, a igualdade persistiu: 0 a 0. Nas penalidades, o Galo triunfou por 3 a 1. Ao longo da campanha, havíamos eliminado CRB, Figueirense, Bahia e Avaí.

Os meninos da Gávea participaram de todas as edições do torneio. O Paysandu jogou somente no ano de 2016 e fez apenas uma apresentação: Bahia 3 a 1.

O São Paulo é o maior laureado com as conquistas de 2015 e 2016. Vitória (2012), Santos (2013) e Internacional (2014) completam a relação de medalhistas de ouro.

Jogo no estádio da Curuzu

Com preços variando entre R$ 10,00 e R$ 20,00 o Papão espera ter casa cheia em sua arena para receber o Flamengo, atual campeão da Taça Guanabara e da Copa São Paulo. O treinador Rogerinho Gameleira repetiu exaustivamente treinamentos de posicionamento e marcação, além de jogadas ensaiadas. A bola aérea pode ser uma alternativa dos bicolores, caso o caminho até nosso gol esteja congestionado.

O Flamengo não tem o que temer. Acostumado a grandes decisões, como encarar os paulistas no interior do estado pela Copinha, ou o Fluminense nas Laranjeiras, ao rubro-negro será preciso desde cedo impor seu ritmo de jogo e marcar seus gols.

Quem passar neste chave pega Vitória ou Internacional na segunda rodada.

Possíveis escalações:

Paysandu: Afonso, Alisson Zizao, Raílton, Henrique e Pablo Wallace; Wellington, Cayque, Igor Daniel e Bruce; João Victor e Jonas. Técnico: Rogerinho Gameleira.

Flamengo: Gabriel Batista; Braian, Dantas, Patrick Souza e Michael; Hugo Moura, Lucas Silva, Theo e Pepê; Wendel e Bill. Técnico: Maurício Souza.

COMENTÁRIOS: