Barbieri diz não ter expectativa de ser efetivado

43

Mauricio Barbieri comandou a equipe pela primeira vez como treinador do Flamengo. Apesar de demonstrar uma equipe apática no primeiro tempo, o início do segundo teve grande destaque do meia Diego Ribas, que marcou dois golaços. O outro gol do jogo foi marcado de pênalti por Henrique Dourado, que, mesmo fazendo o dever de centroavante, ficou longe de uma boa avaliação. Após a partida, Barbieri falou que não tem expectativa de ser efetivado:

— Não estou trabalhando com essa expectativa. O importante é fazer a equipe evoluir. A gente conseguiu pressionar em cima, roubar bolas, ser compactos, usar os espaços de campo. Fico satisfeito. Acho que a gente demonstrou garra e vontade. Fomos ansiosos em alguns momentos, precipitamos. Tentamos ajustar posicionamento e melhoramos no segundo tempo.

Barbieri realizou algumas mudanças com relação ao time que perdeu por 1 a 0 para o Botafogo e culminou na crise no clube. Além de Diego Alves e Rhodolfo não começarem jogando, o técnico escalou Rodinei e Renê nas laterais, promoveu a volta de Éverton Ribeiro e Everton nas pontas e lançou Cuéllar no lugar de Jonas. Segundo ele, a opção pelo colombiano foi por uma “característica particular”, mas não citou qual era.

— Os dois vinham jogando bem. Alternamos os dois na semana. Por uma característica particular, optei pelo Cuéllar. Mas os dois têm capacidade de serem titulares.
Barbieri também falou sobre o espaço que teve para testar jogadores. Segundo ele o jogo foi bom para observar.
É uma alternativa que a gente teve hoje, a ideia é experimentar. O jogo nos possibilitou testar a equipe, observar os jogadores.
TRABALHO NO FLAMENGO
Acho que é uma experiência positiva. Trabalhar no Flamengo é um desafio diário. Sempre aprendendo. Fico feliz que esteja surgindo uma nova safra. Experiência e juventude é uma troca saudável.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here