EI: “Contestado, porém importante: volta de Diego é fundamental para o esquema do Flamengo”

193

O meia Diego, machucado, desfalcou o Flamengo na partida do final de semana, diante do América-MG, pelo Brasileiro. O jogador, inclusive, chegou a pedir para atuar, mas a comissão técnica, após avaliações, não o liberou, já visando ao jogo desta quarta-feira (25), contra o Santa Fe, na Colômbia, pela Libertadores.

Embora não viva grande fase, o camisa 10 do Flamengo ainda é considerado como peça fundamental para o time. Os números de Diego falam por si só: em 13 jogos na temporada, o meia deu quatro assistências (um dos líderes do grupo) e marcou dois gols.

Além dos bons números, Diego é uma referência dentro do Flamengo não só pelo o que já conquistou em sua carreira, mas pelo comprometimento fora das quatro linhas. Com lesão muscular, por exemplo, o meia está fazendo tratamento intensivo para ficar pronto para a ‘decisão’ de amanhã na Libertadores. Essas atitudes elevam a importância do jogador no Ninho do Urubu, e os mais jovens o enxergam como exemplo para todos.

A presença de Diego contra o Santa Fe está praticamente certa. No treino de logo mais, ele vai fazer os últimos testes e, caso não sinta dores no local da contusão, a coxa, carimba o retorno ao time. Para Fernando Campos, comentarista dos canais Esporte Interativo, a volta do experiente jogador é fundamental para o esquema tático de Barbieri.

“Diego claramente caiu de produção. Acho que ele pode entregar muito mais por ser um jogador diferenciado. Mas, mesmo assim, é um jogador com característica única ainda dentro do elenco do Flamengo. Sem contar que é um dos líderes de assistência do clube em 2018. Eu não vejo outro jogador do time com a mesma capacidade que Diego. O Flamengo, sem ele, por ora, fica enfraquecido. É um jogador que ainda consegue entregar uma disposição para construir o jogo através da posse de bola. É um jogador necessário para um Flamengo pouco brilhante em 2018”.

(Responsável pela armação das jogadas, Diego tem quatro assistências em 2018)

Após o jogo diante do América-MG, Barbieri foi questionado sobre os retornos de Diego e Everton Ribeiro, suspenso. O técnico interino não confirmou a volta dos meias, mas garantiu que o problema do time não é os dois jogadores, que não vivem boas fases no Flamengo.

“O Diego ainda é dúvida por questão médica. Everton Ribeiro ainda vamos avaliar durante o treinamento. Não existe dúvida que o problema não é os dois jogadores”.

(Ausentes contra o América-MG, Everton Ribeiro e Diego devem retornar amanhã)

Reprodução: Esporte Interativo

COMENTÁRIOS:

2 COMENTÁRIOS

  1. Diego,você é um craque porem como você joga prejudica o time,veja seus VT. e olhe bem parece uma enceradeira,lhe dão a bola e correm esperando você devolver mais você quer aparecer e não devolve,isso uma duas,e mais vezes então cansa todos ai não tem esquema que dê certo,você,você acaba com todos,sinto muito mais essa e a sua realidade e já a muito tempo mesmo em outros times,abraço.

  2. “Acho que ele pode entregar muito mais por ser um jogador diferenciado”
    vão ficar com essa conversa furada até ele se aposentar.. bando de iludidos..

    dizer que não ver outro jogador com as caracteristicas dele.. é o fim do mundo.. então deixa ele ai .. com a lentidão, segurando jogo.. travando os contra ataques da propria equipe, voltando a bola para o zagueiro..