Flamengo bate mais um recorde em receitas

242

Não é segredo o impulso financeiro que o Flamengo deu na gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello. De acordo com o balanço de 2017, o Fla bateu, novamente, o recorde de receitas, e terminou o ano com faturamento de R$ 624 milhões e superávit de R$ 159 milhões, o de 2016 foram de R$ 483 milhões e R$ 153 milhões, respectivamente.

A venda de Vinícius Júnior ao Real Madrid foi um dos fatores principais para o aumento desses números. O Flamengo lucrou R$ 183 milhões na negociação da joia e vê nesse nicho, um excelente investimento futuro. Os patrocínios obtiveram aumento de R$ 24 milhões e a bilheteria de R$ 23 milhões. O programa do sócio-torcedor deu um salto de 26 para R$ 43 milhões.

Já o contestado direito de transmissão, que sempre foi considerado a principal fonte de renda, caiu de 297 para R$ 199 milhões.

COMENTÁRIOS: