Fla inicia mal, consegue virada com golaços e ganha amistoso contra o Atlético-GO

148

Flamengo e Atlético Goianiense se enfrentaram num amistoso, em Goiânia. A partida aconteceu por conta do aniversário de 81 anos do clube, e o Mengão foi convidado para fazer parte da festa. Porém, o jogo valia muito mais que uma simples comemoração. Mauricio Barbieri, interino do Fla, disputou seu primeiro jogo a frente da equipe rubro-negra. O avanço técnico coletivo não melhorou, pelo menos na primeira parte do jogo.

Num primeiro tempo fraco, com falta de objetividade e marcada por muitos erros individuais, o Mais Querido ser pior que o clube mandante, mesmo com a quantidade absurda de investimento. Diego, camisa 10 da Gávea, e Henrique Dourado, centroavante, foram disparados os piores da primeira etapa. O Atlético Goianiense abriu o placar aos 38 minuto com Joanderson. Foi o primeiro gol do atleta como profissional de futebol.

O segundo tempo começou e parecia que era um novo time em campo. Antes do primeiro minuto da segunda etapa, Diego abriu o placar: Everton cruzou para Diego, que arrumou o corpo e mandou de primeira, de chapa, sem defesa para Klever. Logo após, aos três minutos, veio a virada. Henrique Dourado, de pênalti, em sua especialidade.

O Mais Querido continuou mostrando superioridade e, aos 26 minutos do segundo tempo, saiu o terceiro. Diego quis mostrar que o primeiro tempo não deveria contar e marcou mais um golaço: o camisa 10 levou a bola pra dentro da área sem ser incomodado pelos jogadores do Dragão e deu uma cavadinha de quem tem qualidade.

Até este momento da partida, o time já era outro. Mauricio Barbieri, interino do Fla, fez nove alterações e mudou quase o time todo. Esse era o time em campo aos 35 minutos do segundo tempo: Julio Cesar; Pará, Léo Duarte, Matheus Thuler e Trauco; Jonas, Jean Lucas e Arão; Vinicius Jr, Lincoln e Marlos Moreno.

Após as onze substituições, a qualidade voltou a cair e a partida terminou assim. Diego Ribas, com dois golaços, e Henrique Dourado, de pênalti para o lado rubro-negro carioca, e Joanderson para o rubro-negro goiano.

 

COMENTÁRIOS: