Flamengo não terá torcida contra a Ponte Preta; entenda

1546

O Flamengo venceu por 3 a 0 o Ceará, em Fortaleza-CE, neste domingo (29) pelo Campeonato Brasileiro, mas já virou a chave para outra competição. Afinal, o time tem um confronto decisivo pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira (2).

O confronto será contra a Ponte Preta, lá em Campinas. O mando de campo é da Ponte Preta e os torcedores do Flamengo não vão poder assistir a partida no Estádio Moisés Lucarelli.

O clube paulista está punido pelo STJD e, além de jogar seis jogos no Campeonato Brasileiro da Série B de portões fechados, todas as partidas do clube de Campinas neste ano serão com torcida única. Sendo assim, flamenguistas não terão acesso ao estádio no jogo de ida do confronto decisivo.

A punição deu-se devido a invasão de campo na penúltima rodada do Brasileirão de 2017, quando os torcedores invadiram o campo com o intuito de agredir os jogadores pelo fato da Ponte, naquela ocasião, estar sendo rebaixada para a segunda divisão do futebol nacional.

Talvez você se lembre: o jogo foi marcado pela expulsão do zagueiro Rodrigo, ex-Vasco, pela “dedada” em Tréllez, que defendia o Vitória à época.

Sabendo disso e com o intuito de reencontrar os seus torcedores, o time de Campinas fez um valor promocional e os ingressos custam R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia-entrada nos setores. Caso ponte-pretanos sejam vistos pelo Maracanã, no jogo de volta, serão barrados. A punição também vale para as pelejas onde a Macaca jogue como visitante.

A expectativa é de que o estádio esteja lotado para acompanhar o jogo que terá início às 19h30, horário de Brasília. Já a partida de volta será no dia 10 de maio, em uma quinta-feira, também às 19h30, horário de Brasília.

COMENTÁRIOS: