Muros da Gávea são pichados em protesto

105

Nesta quarta-feira (18, o Flamengo encarou o Santa Fe e decepcionou mais uma vez. Jogando no Maracanã, sem o apoio do torcedor pois o time cumpre suspensão por conta das confusões na final da Sula, o time apenas empatou.

O empate com o Santa Fe, da Colômbia, por 1×1 no Maracanã definitivamente não foi o resultado que a torcida rubro-negra esperava para esta quarta-feira (18). Com uma vitória simples, o Flamengo se isolaria na liderança do grupo, abrindo cinco pontos para o segundo colocado, mas agora pode ver o River Plate empatando na liderança do grupo, caso vença o Emelec nesta quinta (19).

A torcida do Flamengo pichou os muros da Gávea, sede do clube, cobrando a diretoria e o elenco. Chamou a atenção o fato de que alguns jogadores foram citados por nome. Além do presidente Eduardo Bandeira, os meias Diego Ribas e Willian Arão tiveram seus nomes pintados nas paredes, pedindo sua saída do clube.

VEJA FOTOS:

Fotos: André Durão/GE

O Flamengo volta a jogar pela Libertadores da América na próxima quarta-feira (25) contra o mesmo Santa Fe, agora na Colômbia.

COMENTÁRIOS: