Para Caetano, Flamengo errou ao não priorizar campeonato em 2017

57

FOX SPORTS: Demitido pelo Flamengo no fim de março, Rodrigo Caetano foi o convidado do programa FOX Sports Rádio desta terça-feira (10 de abril), e abriu o jogo sobre a passagem pelo Rubro-Negro, no qual ocupava o cargo de diretor executivo de futebol desde 2015. Entre os temas debatidos com Benjamin Back e companhia, a suposta falta de equilíbrio no elenco, especialmente laterais. Foi além: o dirigente revelou o que faria diferente no clube. Confira abaixo:

Laterais

Nossos laterais, ou melhor, os laterais do Flamengo, sempre foram disputados. Um vai jogar a Copa do Mundo, que é o Trauco, o Renê chegou do Sport e era disputado por grandes equipes. Vinha de dois Brasileiros muito regulares. O Pará foi titular e campeão por onde passou. Obviamente, quem trabalha nessa função e num clube como o Flamengo se tem que buscar a excelência sempre. Talvez, em alguns momentos, a gente não tenha ido ao mercado de uma outra forma…

Zagueiros

Acho que tem, no mínimo, três zagueiros experientes, de bom nível. Claro, alguns deles numa idade avançada, mas sempre se revezaram e tiveram atuações consistentes. Sempre foi uma defesa das menos vazadas.

O que faria diferente

Se pudesse voltar atrás, em 2017, o Flamengo deveria ter priorizado uma das competições. É conceito do clube disputar tudo em condições de vencer, e, talvez, em alguma delas tenha faltado priorizar um pouco mais, com objetivo de levantar esse título. No Brasileiro, classificou para a Libertadores direto, mas ficou distante do título, chegou em Sul-Americana e Copa do Brasil. Serve de aprendizado para o futuro.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here