Rodinei fala sobre a pressão que é jogar no Flamengo

534

Na noite do último sábado (21), o Flamengo recebeu o América-MG no Maracanã e venceu. O jogo foi marcado pela despedida de Julio Cesar dos gramados. Após a partida, Rodinei declarou que o goleiro havia falado ao grupo sobre o desejo de sair do estádio com o resultado positivo, independente da festa da torcida.

Julio disse que não queria saber de festa nenhuma, que queria terminar esse jogo com a vitória. Graças a Deus podemos fazer uma bela partida e agora é descansar porque sabemos da batalha que temos na quarta-feira, então é ver o que o professor Maurício tem pra passar e agradecer pelo Julio. Por esse tempo que ele passou com a gente nos ajudou muito, agora é bola pra frente –, declarou o lateral.

Rodinei também falou das últimas cobranças da torcida sobre a falta de raça. Rodinei esclareceu que o time tem que superar essas situações. O lateral ainda ressaltou que desde que chegou ao Flamengo entendeu que todo jogo tem que entrar em campo em alto nível.

Jogar no Flamengo não tem como chegar mais leve, todo jogo a gente vai estar pressionado. A gente vai em busca da vitória. O grupo é muito fechado, em relação da torcida xingar, pedir raça, a gente tem que passar por cima disso. No Flamengo a gente é cobrado em todos os jogos para estar no nível máximo, então eu não levo para esse lado de falta de raça, falta de vontade. Jogo é jogo a gente tem que chegar e fazer nosso papel -, concluiu o jogador.

 

 

COMENTÁRIOS: