Com dois golaços, Flamengo vence Internacional e se isola na liderança do Brasileirão

315

Não podia ser mais Flamengo esse domingo. Um Maracanã lotado, o reencontro de um ídolo com sua torcida, uma vitória incontestável, dois golaços e a liderança consolidada no Campeonato Brasileiro. Para ficar melhor… não tinha como ficar melhor. Nem precisava. O Mengão venceu o Internacional por 2 a 0 pela quarta rodada, chegou a 10 pontos e se isolou na frente da tabela, dois a mais que o segundo colocado. Os gols da vitória foram marcados todos no segundo tempo, por Lucas Paquetá, aos 25, após falta que ele mesmo sofreu, e por Everton Ribeiro, que passou como quis pelos colorados e marcou um golaço-aço aos 42. O resultado fez justiça ao time que buscou a vitória o tempo todo, ficou com a bola no campo de ataque e teve muito mais oportunidades.

Sob os olhares de mais de 61.182 rubro-negros, o Flamengo entrou em campo para se manter líder e embalar na competição. A tática inicial foi apertar o Internacional em seu campo. Pressionando muito a saída de bola, Lucas Paquetá, Geuvânio e Henrique Dourado não davam muita opção à zaga colorada que não fosse isolar a bola, perdendo-a em seguida. Mas o Mengão pecava no último passe, não conseguindo dar seguimento às jogadas de ataque. A primeira chance foi aos 10 minutos, quando Renê lançou Vinicius Junior na área, mas o atacante cabeceou fraco para defesa de Danilo. O Inter respondeu com perigo dois minutos depois, quando Fabiano cruzou e Leandro Damião cabeceou forte para grande defesa de Diego Alves.
Aos poucos, o Flamengo foi retomando o controle da partida e voltou a segurar o Inter em sua metade do campo. Aos 21, o gritou de gol ficou na garganta. Em verdadeira blitz rubro-negra, Cuéllar cruzou, a zaga afastou mal, Paquetá ajeitou com a cabeça para dentro da área e Rodinei pegou forte da marca de pênalti, para boa defesa de Danilo, colocando para escanteio. O lance levantou a torcida no estádio.
O jogo, porém, esfriou. O Flamengo passou a estudar o adversário, trocando passes e esperando a melhor oportunidade. Ela veio apenas aos 37. Rodinei desceu rápido pela direita e cruzou rasteiro, mas Dourado bateu prensado e a bola saiu à esquerda do gol. Mesmo com poucas oportunidades, só dava Flamengo, dono absoluto da partida. Trocava passes e ditava o ritmo do duelo, enquanto o Internacional mantinha seus 11 jogadores no campo de defesa, rifando as bolas que chegavam. Embora com muito mais volume, o Mengão não conseguiu chegar o gol e o primeiro tempo terminou mesmo empatado.
O segundo tempo voltou na mesma toada. O Flamengo apertando o Inter e procurando o gol. Logo no início, duas boas jogadas de Rodinei foram interceptadas antes do arremate final de Dourado e Vinicius Junior. Aos 11, o Maracanã explodiu. Mauricio Barbieri chamou Guerrero pro jogo e incendiou o estádio. Um minuto depois, Geuvânio armou bela jogada pela direita e chutou perto do gol de Danilo, quase abrindo o placar.
O primeiro lance de Guerrero com o Manto, desde 19 de outubro, quase gerou o gol. O peruano recebeu no meio de dois, matou e ajeitou rápido para Vinicius correr livre em direção à meta. Na hora do chute, o atacante se desequilibrou e a bola saiu fraca, mas já foi o suficiente para levantar mais uma vez a torcida. Aos 22, outro UHHH da arquibancada. Guerrero bateu bem falta da intermediária, mas a bola saiu à esquerda do gol.
Aos 25, não teve jeito. Em mais uma cobrança de falta, o Mengão chegou lá. Paquetá sofreu e ele ele mesmo cobrou. A bola foi na barreira e voltou para o Garoto do Ninho, que emendou de fora. A bola desviou em Lucca e venceu Danilo, abrindo o marcador para o Mengão, para delírio da Nação.
Mas o melhor ainda estava por vir. Aos 42, Everton Ribeiro puxou o contra-ataque, fez fila na zaga colorada e chutou forte, sem chances para Danilo. Um golaço de um jogador que buscava isso há muito tempo. A comemoração foi emocionante e selou o resultado da partida.
A semana está só começando. Na quinta-feira, o time encara a Ponte Preta no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil, no Maracanã, às 19h30. Pelo Brasileiro, o próximo confronto será domingo, contra a Chapecoense, em Chapecó, às 16h.
Reprodução: Site do Flamengo

COMENTÁRIOS: