Flamengo empata com a Ponte Preta no Maracanã e avança na Copa do Brasil

264

O Flamengo empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Com a vitória no primeiro jogo por 1 a 0, o resultado foi suficiente para dar vaga ao Rubro-Negro nas quartas de final pelo placar agregado. Mais uma vez, a Nação se fez presente com 55.822 torcedores presentes.

O jogo começou intenso no Maracanã. As duas equipes saíram para buscar o resultado e com isso a partida ficou franca, com espaços para os ataques produzirem. O Rubro-Negro, na qualidade de seus atletas, dominou as ações durante os primeiros 45 minutos. Everton Ribeiro, Lucas Paquetá e Vinicius Junior demonstraram o entrosamento que caracterizou a equipe nos últimos jogos, com bons passes, jogadas envolventes e criação de oportunidades para o sistema ofensivo vencer o goleiro adversário.
Logo aos 05 minutos, a primeira ocasião do Flamengo. No momento da finalização, o ataque se enrolou e a zaga afastou. Aos 13, Lucas Paquetá ameaçou. Um minuto depois, uma linda trama entre os meias quase se transforma em golaço, mas a zaga da Ponte Preta afastou.
O Mais Querido ainda criaria mais quatro oportunidades. Primeiro, Paquetá resolveu experimentar de fora da área aos 22, mas a bola passou longe. Aos 26, Rodinei, que completou 100 jogos com o Manto Sagrado, enfileirou a defesa adversária, assistiu Vinicius Junior, que bateu mascado para fora.
A Nação empurrava e a equipe respondia. Aos 29 minutos, a bola cruzou a área duas vezes, mas não entrou. E, por fim, Vinicius Junior tentou aos 37, em chute de virada, mas não levou perigo.
Segundo tempo truncado
A etapa final foi diferente da primeira: jogo truncado, a Ponte Preta retrancada e explorando os contra-ataques pela chamada “uma bola”. O Flamengo não encontrava muitos espaços.
Passados os 15 minutos, Barbieri promoveu as entradas de Guerrero e Jean Lucas nos lugares de Henrique Dourado e Geuvânio. Buscando envolver mais o adversário, as alterações incendiaram o time nos minutos seguintes, mas a defesa adversária soube suportar o ímpeto.
A grande chance da segunda etapa apareceu aos 37 minutos. Em grande finalização de fora da área, Everton Ribeiro emendou de canhota para grande defesa do goleiro. O Flamengo insistia.
Aos 39, porém, um susto. Felipe Cardoso penetrou na área rubro-negra, bateu e a bola foi na trave. Na volta, Diego Alves segurou.
A equipe voltou a insistir, mas o resultado persistiu. Agora é focar no Brasileirão e enfrentar a Chapecoense, em Chapecó, para manter a liderança da competição.
E agora?
 
Classificado para as quartas de final da Copa do Brasil, o Mengão aguarda o sorteio para conhecer o adversário da próxima fase. Bola rolando pela competição, só após a Copa do Mundo.
Reprodução: Site do Flamengo

COMENTÁRIOS: