Guerrero chega para audiência e é recepcionado

98

O Flamengo venceu a Ponte Preta por 1 a 0 na noite da última quarta-feira (02) e deu um passo para se classificar para as quartas de final da Copa do Brasil. No entanto, a atenção de grande parte da diretoria e da torcida está voltada para a audiência que está acontecendo na Suíça.

Na manhã desta quinta-feira (03), começou o julgamento pela absolvição, manutenção ou prolongação da pena do centroavante. Inclusive, Guerrero chegou cedo no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Lausanne, e não quis conceder entrevista para a imprensa.

O julgamento é o último capítulo do caso doping pelo qual o jogador fora acusado e suspenso em novembro de 2017, por ter sido atestado com a substância benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína. Apesar de Paolo ter escapado dos jornalistas, ele não conseguiu fugir do assédio de fãs peruanos que estavam o esperando.

Cerca de 15 torcedores do Peru gritavam: “Paolo é inocente!”, na chegada do centroavante e um número igual de jornalistas registraram o momento. O atleta entrou rapidamente no TAS. Sobre a audiência, Guerrero pede pela sua absolvição, mesmo com a sua pena terminando nesta quinta-feira (03).

Agora, a intenção da FIFA é de manter a atual punição – que foi reduzida de 12 para seis meses -, o que já deixaria o atleta livre para atuar assim que a comissão técnica do Flamengo quisesse. Em contrapartida, a Agência Mundial Antidoping (WADA, na sigla em inglês) pede que a sanção volte a ser de um ano ou superior a isso, o que tiraria o jogador da Copa do Mundo e dificultaria uma renovação contratual com o Mais Querido – o atual vínculo termina em agosto. O Mundial será disputado de 14 de junho a 15 de julho na Rússia.

O início do julgamento começou às 3h45, horário de Brasília (8h45 na Suíça). A expectativa é de encerramento por volta das 16h locais, ou seja, 11h no Brasil. Neste período, a audiência irá ter uma pausa para o almoço na Suíça.

COMENTÁRIOS: