Barbieri revela incômodo de Guerrero e fala sobre renovação

Compartilhe esta notícia

O Flamengo venceu o Sport por 4 a 1 e atuou em altíssimo nível visando o título do Campeonato Brasileiro, onde é o atual líder. No entanto, uma coisa chamou a atenção quando o clube soltou a escalação que enfrentaria o time de Pernambuco: Paolo Guerrero no banco de reservas.

Na entrevista coletiva pós-jogo, Maurício Barbieri, treinador do Flamengo, declarou que Paolo vinha de três partidas seguidos e que não estava habituado com isso, pois passou cerca de sete meses suspenso devido a punição por doping. O comandante revelou ainda que o centroavante está incomodado com a sua queda de rendimento.

— Paolo vinha de três jogos em sequência, não estava habituado e teve uma queda de rendimento. Conversamos para melhorar neste sentido e ele também está incomodado. Ele tem manifestado a todo momento o desejo de ajudar, de contribuir —, disse o treinador.

Em relação a renovação do vínculo empregatício do atacante, que chega ao fim no próximo dia 10, Maurício afirmou que não conversou sobre o assunto com o jogador. Há conversas entre os empresários do jogador e a diretoria do clube, por isso Maurício Barbieri acredita ser melhor não se envolver nesse assunto.

— Não tive conversa no sentido de renovação, ele está conversando com o agente e a direção. Não me envolvo nisso. Conversamos sobre a questão de campo e o Paolo sempre se mostra propenso a ajudar a equipe da melhor maneira possível —, concluiu o comandante.

No próximo confronto do Rubro-Negro, que será a partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, no estádio gremista, Maurício Barbieri vai ter que optar por Guerrero ou por Uribe que fez seu primeiro gol pelo Flamengo no último domingo.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here