Roger lembra comemoração do Flamengo por 2º lugar no grupo

Roger Machado - Foto: Reprodução

No jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, no Maracanã, o Flamengo perdeu para o Cruzeiro por 2 a 0, na quarta-feira, mas, para Roger Flores, a situação complicada começou a se desenhar bem antes. Segundo o comentarista, faltou vontade ao Rubro-Negro na fase de grupos da competição, disputada antes da Copa do Mundo.

– O último jogo do Flamengo na Libertadores, contra o River Plate, na Argentina, foi horroroso. O Flamengo não quis ganhar o jogo, não foi à Argentina para tentar ganhar o jogo. A bola pune quando você abre mão de uma vitória em um jogo de classificação e fica satisfeito com a segunda colocação do grupo, mesmo sabendo que vai enfrentar times mais fortes que se classificaram em primeiro lugar – afirmou Roger, em participação no Seleção SporTV desta quinta-feira.

No fim de maio, em Buenos Aires, River e Flamengo empataram em 0 a 0. Por isso, o time argentino, que passou de fase na liderança do Grupo 4, está enfrentando o conterrâneo Racing nas oitavas de final da Libertadores.

No dia 29, no Mineirão, Flamengo e Cruzeiro fazem o jogo de volta. Para se classificar, o time carioca precisa vencer por dois gols de diferença desde que faça ao menos um. Se devolver o placar de 2 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

Por SPORTV