Lucas Paquetá é cobrado por melhora

[i]Lucas Paquetá foi marcado de perto no clássico com o Vasco, em Brasília (Foto: Francisco Stuckert/Agência F8)[/i]

A sequência de resultados ruins no Campeonato Brasileiro passa pela queda de rendimento de alguns atletas, em especial Lucas Paquetá. O entendimento é parte do resultado das conversas entre direção, departamento de futebol e comissão técnica do Flamengo que aconteceram nos últimos dias visando entender e encontrar soluções para o momento da equipe nas competições.

Uma das missões de Maurício Barbieri na semana livre de compromissos é ajudar o jovem a reencontrar o bom futebol da primeira parte da temporada que o colocou como um dos principais atletas do Flamengo no ano. O jovem, titular em 44 partidas, é o terceiro com mais minutos em campo em 2018.

Além da recuperação física e ajuste tático, Paquetá receberá apoio psicológico do clube. No dia a dia, o elenco rubro-negro já trabalha com Alberto Filgueiras. Agora, a expectativa é de que o camisa 11 volte a ter as atuações que o fizeram ser convocado por Tite para a Seleção Brasileira principal pela primeira vez.

Para o Flamengo seguir na disputa do título do Brasileirão – recebe o Atlético-MG domingo, no Maracanã – e alcançar a final da Copa do Brasil – decide uma vaga na decisão contra o Corinthians, na próxima quarta, em São Paulo – é fundamental que Lucas Paquetá esteja em boas condições, e o meio-campista tem o apoio e confiança dos companheiros, garante o capitão e zagueiro Réver.

– Acredito que a queda de rendimento pode ser por ser um dos que mais atuou esse ano. O Paquetá fez quase 50 jogos no ano, uma coisa absurda. O pessoal do Centro de Excelência em Performance (CEP) está fazendo com que tenha a recuperação necessária Todos conversam e tentamos passar tranquilidade.

[strong]Clubes europeus de olho, mas nada de proposta[/strong]

As atuações pelo Flamengo e a recente convocação para a Seleção Brasileira já colocam Lucas Paquetá no radar de vários grande clubes do Velho Continente.

Recentemente, o meia de 20 anos ganhou destaque em várias publicações da Itália e Espanha, por exemplo, mas nada oficial chegou à Gávea. Nesta semana, foi a vez da imprensa inglesa pôr o jovem meia na mira do Manchester United.

Barcelona, Chelsea, Liverpool, Milan, Paris Saint-Germain foram alguns dos clubes com interesse em Paquetá citados pela imprensa europeia nos últimos meses. O diário espanhol “Sport” o classificou como a “nova pérola brasileira”. A versatilidade e a técnica apurada do jovem chamam a atenção dos europeus.

Cria da Gávea, Paquetá tem contrato até dezembro de 2020, podendo assinar um pré-contrato com qualquer outro clube a partir de julho do ano que vem.

Entre o Fla e o jogador, no momento, não há conversas por uma renovação – a última foi assinada em março de 2016 e com multa de cerca de R 240 milhões.

Internamente, a diretoria já trabalha com a possibilidade de não contar com Lucas Paquetá em 2019. Ricardo Lomba, recentemente, afirmou que o Fla procurará um substituto a partir do momento que a transferência se tornar realidade. É importante ressaltar que o clube passará por eleições presidenciais no fim desta temporada e o atual VP de futebol é o candidato da situação.

Fonte: LANCE!Net