Atacantes espantam má fase e engrenam na reta decisiva

Compartilhe esta notícia

A chegada de Dorival Júnior parece ter despertado os atacantes do Flamengo. Depois da rotina de muito revezamento e pouca eficiência, os homens da frente retomaram o protagonismo, a boa mira e marcaram metade dos gols da equipe com o novo treinador.

Cinco dos dez gols do Rubro-Negro com Dorival foram anotados por Henrique Dourado, Vitinho ou Uribe. Os dois últimos assumiram de vez a titularidade e tiraram um pouco do peso do trio Diego, Éverton Ribeiro e Lucas Paquetá.

Com Dorival

Paquetá – 3 gols
Uribe – 3 gols
Dourado – 1 gol
Vitinho – 1 gol
Léo Duarte – 1 gol
Renê – 1 gol

Neste Campeonato Brasileiro, os três meias estão entre os que mais tocam na bola no time do Flamengo. Deram mais passes apenas jogadores mais defensivos, como Cuéllar, Léo Duarte e Renê. Só que, além da armação, normalmente é o trio que finaliza as jogadas e precisa decidir os jogos.

Somente Paquetá, o artilheiro rubro-negro no Brasileirão, com dez gols, tentou 76 finalizações no campeonato. Juntos, os três centroavantes do elenco conseguiram praticamente a metade, 40, e marcaram nove vezes. Os números são do Footstats.

No Brasileiro

Paquetá

10 gols
76 chutes
Diego

5 gols
37 chutes
Éverton Ribeiro

4 gols
41 chutes

Seja por mudança tática ou mira em dia, os atacantes retomaram a rotina de gols após a chegada do novo treinador. Dorival acabou com o revezamento no comando do ataque e apostou em Uribe, que marcou quatro vezes no Campeonato Brasileiro.

O bom momento coincide, também, com a melhor adaptação de Vitinho. O camisa 14 demorou para engrenar, mas conseguiu um gol e quatro assistências desde que o novo comandante desembarcou na Gávea. Antes, o atacante tinha uma bola na rede em 16 jogos.

Ainda com Mauricio Barbieri, os centroavantes do Flamengo chegaram a ficar 12 jogos sem anotar gols. Quem quebrou a sequência incômoda foi Uribe, ao marcar dois gols na vitória sobre o Fluminense, por 3 a 0, na 29ª rodada, já com Dorival. Antes, o último homem de área rubro-negro a colocar uma bola na rede foi Henrique Dourado, em 12 de agosto, no 1 a 0 sobre o Cruzeiro.

Fonte: Globo Esporte

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here