Flamengo briga até o fim, vira fora de casa e vence São José no NBB

Foto: Arthur Marega Filho/São José Basketball
Um duelo tradicional que terminou com o mais uma vitória rubro-negra. Na noite desta quarta-feira (14), o Flamengo foi até o Ginásio Linneu de Moura para encarar o São José e o resultado positivo se repetiu para o mesmo lado pela 26ª vez: vitória do Mais Querido. Com grande atuação de Jhonatan Luz, responsável por 18 pontos, o Fla levou por 64 a 57.
Com o resultado, a equipe vence sua oitava partida em dez disputadas, brigando de perto pela primeira colocação da tabela do Novo Basquete Brasil 11.
O confronto foi difícil como já era esperado. O clima quente desde os minutos iniciais mostrava como seria a disputa até o fim: quente, dura e com muita emoção. No primeiro período, o Flamengo não conseguiu imprimir seu jogo, perdendo por 22 a 15. Depois, apesar do início de quarto ruim, Gustavo De Conti conseguiu acertar os detalhes e o Rubro-Negro se impôs, indo para o intervalo com vitória parcial por 34 a 30.
Assim como o início, a etapa final também foi ponto a ponto. Com Jhonatan começando a aparecer melhor, o Mengo não deixou o São José ampliar a vantagem e ainda saiu na frente no terceiro período: 45 a 44. O ritmo seguiu intenso até os minutos finais, mas a tradição falou mais alto e deu Mais Querido: 64 a 57.
O Mais Querido já volta à quadra na sexta-feira (16), às 21h10, quando vai ao Ginásio Antonio Prado Jr. enfrentar o Paulistano.
Destaques da vitória:
Jhonatan: 18 pontos e 5 rebotes
Marquinhos: 14 pontos e 4 rebotes
Mineiro: 10 pontos e 2 bolas roubadas
Varejão: 6 pontos e 8 rebotes
Nesbitt: 7 rebotes
Balbi: 4 assistências e 4 bolas roubadas
As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – thinkseg, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.
Fonte: Site Oficial