Thiago Neves, do Cruzeiro, se despede de Arrascaeta

Compartilhe esta notícia

Thiago Neves usou o Instagram na noite desta quinta-feira para se despedir de Arrascaeta, que acerta os últimos detalhes de sua transferência ao Flamengo. O meia afirmou que, “independentemente do time”, seguirá fã do uruguaio, com quem dividiu o protagonismo no elenco do Cruzeiro nas temporadas 2017 e 2018.

“Desde a minha chegada ao Cruzeiro você foi mais do que um colega de trabalho, foi meu amigo, irmão e parceiro”, escreveu o camisa 30 (leia a íntegra da mensagem na imagem abaixo).

Arrascaeta desembarcou no Rio de Janeiro na noite desta quinta. O Cruzeiro vendeu os 50% dos direitos econômicos que detinha do uruguaio, em sociedade com a rede Supermercados BH, por 13 milhões de euros (R$ 55,25 milhões). O tempo de contrato do meia-atacante de 24 anos com o Flamengo será de cinco temporadas, até dezembro de 2023.

O Cruzeiro receberá o dinheiro da venda do camisa 10 em três parcelas: a primeira, em janeiro, de R$ 29,75 milhões; a segunda, em junho, de R$ 12,75 milhões; e a terceira, em dezembro, também de R$ 12,75 milhões. Do total de R$ 55,25 milhões, aproximadamente R$ 8,5 milhões serão repassados ao Supermercados BH, do empresário Pedro Lourenço, que ajudou na aquisição do uruguaio ao Defensor-URU, em janeiro de 2015. A Raposa, portanto, terá R$ 46,7 milhões para investir em contratações e quitar dívidas na Fifa.

A novela envolvendo Cruzeiro, Flamengo e Arrascaeta teve início na última quinta-feira, dia 3. O agente do meia-atacante, Daniel Fonseca, apresentou a primeira proposta dos cariocas, de 10 milhões de euros, que foi recusada pela Raposa. Sem acordo, o jogador foi orientado por seu empresário a não se reapresentar na Toca II. O imbróglio ficou ainda maior com troca de acusações e xingamentos entre dirigentes do clube mineiro e representantes do meio-campista.

Destaque da Libertadores de 2014 pelo Defensor-URU, Arrascaeta foi contratado pelo Cruzeiro em janeiro de 2015, ainda na gestão do presidente Gilvan de Pinho Tavares, por 4 milhões de euros (R$ 12 milhões na cotação da época). Natural de Nuevo Berlín, na Região Oeste do Uruguai, o camisa 10 disputou 188 jogos pelo clube e marcou 50 gols. Maior artilheiro estrangeiro do clube, o uruguaio foi decisivo ao balançar a rede em todas as finais nas quais a equipe se sagrou campeã: Copa do Brasil, em 2017 e 2018, e Campeonato Mineiro, em 2018.

Por: SUPER ESPORTES

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here