Atrás no placar em três quartos, Flamengo vira e bate Franca

Compartilhe esta notícia

Líder do Novo Basquete Brasil (NBB) até o início da rodada, o Franca esteve perto de emplacar a sexta vitória seguida. Só que do outro lado estava o poderoso Flamengo, que esteve atrás do placar na maior parte do jogo, mas conseguiu uma heroica virada no último quarto. Com grande atuação do argentino Franco Balbi, autor de 16 pontos e seis assistências, o Rubro-Negro derrotou o rival por 79 a 74, no ginásio do Tijuca, no Rio. Mesmo com a vitória, o time da Gávea se manteve na terceira colocação, embora tenha encurtado a diferença para o Franca, que caiu para segundo – o Pinheiros é o novo líder.

Apesar da derrota da sua equipe, David Jackson foi o cestinha da partida com 17 pontos, um a mais que Cipolini. Outros atletas com atuação destacada nesta noite foram: Olivinha (14 pontos), Didi (12), Anderson Varejão (11), Nesbitt (11) e Marquinhos (11).

O Franca volta a jogar na próxima segunda-feira, contra o Brasília, às 20h10, no Pedrocão. Já o Flamengo só joga pelo NBB no dia 28 de fevereiro, às 20h, contra o Botafogo, no ginásio Osacar Zelaya.

Franca melhor no início

O jogo começou favorável ao Franca, que abriu 10 pontos logo de cara – 18 a 8. Após cesta de Franco Balbi, o Flamengo ensaiou uma reação, empolgando a torcida. No minuto seguinte, porém, David Jackson arrancou da defesa e fez 21 a 10 para os paulistas. O Flamengo ainda fez duas cestas seguidas com Nesbitt. Só que quem foi para o segundo período em vantagem foram os visitantes: 25 a 14.

O segundo quarto começou com uma cesta de Marquinhos para o Rubro-Negro. Na sequência, Mineiro pontuou novamente para os cariocas. O Franca respondeu com uma bola de três de Cipolini: 28 a 18. Nesbitt, com uma enterrada clássica, levantou a torcida do Flamengo aos três minutos. O lance motivou o time da Gávea, que passou a pressionar mais. Quando Verejão diminuiu para 34 a 29, o técnico Helinho pediu tempo.

Após a parada, Franca conseguiu conter o ímpeto rubro-negro, mantendo uma distância regular na frente. A 54 segundos do intervalo, Elinho acertou uma bola de três, marcando 45 a 38 para os paulistas. Ainda deu tempo para Jhonatan diminuir para o Flamengo, definindo o placar da etapa em 45 a 40 para os visitantes.

Franca melhor no terceiro quarto

Cipolini, com uma bola de três, abriu o placar do terceiro quarto. O Flamengo respondeu com cesta de Varejão, mas logo depois Cipolini voltou a pontuar. O jogo seguiu lá e cá pelos minutos seguintes. Aos cinco, Marquinhos reduziu a diferença para três – 55 a 52. Só que o Franca contava com David Jackson e Cipolini. Comandado pelos seus dois principais jogadores, o time paulista fechou o período vencendo por 61 a 56.

O Flamengo voltou para o último quarto disposto a conseguir a vitória. Com três minutos jogados, Franco Balbi empatou em 62 a 62. Segundos depois, Olivinha colocou o Rubro-Negro na frente: 65 a 64. O Franca não se entregou e foi buscar nova virada com Cipolini, que fez 67 a 65. Com o jogo aberto, os dois times foram para cima em busca da vitória.

A três minutos do fim, Marquinhos acertou uma bola de três, incendiando a torcida. A partir de então, o Flamengo tomou a dianteira do placar partindo para a vitória. A 22 segundos para o fim, Marquinhos serviu Olivinha debaixo da cesta e ele marcou 78 a 73, praticamente sacramentando a vitória. A partir daí, coube ao Flamengo apenas administrar o resultado até confirmar a vitória por 79 a 74.

Flamengo: Balbi, Deryk, Marquinhos, Olivinha e Anderson Varejão. Entraram: Davi Rossetto, Jhonatan, Crescenzi, Mineiro e Nesbitt. Técnico: Gustavo de Conti.

Franca: Elinho, David Jackson, Lucas Dias, Cipolini e Jimmy. Entraram: Márcio, Alexey, Didi, Guilherme e André Goes. Técnico: Helinho.

Por: GLOBO ESPORTE

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here